REDES SOCIAIS

29°C

Análise: Cuiabá cria pouco e falha defensivamente em nova derrota fora de casa

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O Cuiabá visitou o Flamengo pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro e perdeu a quarta partida consecutiva fora de casa na Série A. Com um gol sofrido em cada etapa, o Dourado sofreu o revés por 2 a 0, em jogo em que pouco criou ofensivamente e falhou na marcação para segurar o ataque rubro-negro.

Ainda sem vencer de virada na temporada, a situação auriverde ficou mais difícil logo aos seis minutos de bola rolando no Maracanã. André Luís e João Lucas não conseguiram parar a descida do Flamengo pela direita. O lateral do Cuiabá foi driblado por Ayrton Lucas, que foi até a linha de fundo e bateu cruzado para a área. Walter esperava o cruzamento para o meio, mas a bola foi direta ao gol e enganou o goleiro do Dourado: 1 a 0.

O time auriverde atuou em um 4-1-4-1, com Camilo sendo o primeiro homem à frente da linha defensiva. O volante foi o principal responsável por iniciar a transição ofensiva do Cuiabá, mas o elevado número de erros de passes dificultava a construção. Ele foi o atleta com mais toques errados pelo lado mato-grossense – dez ao longo do jogo.

Durante todo o primeiro tempo, o Dourado explorou a bola longa e as inversões de jogadas para o lado oposto, em busca de encontrar os pontas em situação de um contra um, mas foram vários lançamentos incompletos. Próximo da meta adversária, a equipe buscava o cruzamento na área, porém errou 14 vezes e teve apenas dois acertos.

Apesar das dificuldades para criar grandes oportunidades, o Cuiabá terminou a etapa inicial com o mesmo número finalizações que o Flamengo – seis para cada lado, e somente um chute na direção do gol.

Etapa final tranquila para Diego Alves

Ainda no intervalo, o técnico António Oliveira promoveu a entrada de Jonathan Cafu no lugar de André Felipe. Com isso, André Luís, que começou na ponta direita, foi deslocado para o comando do ataque. A mudança não surtiu efeito e o atacante foi substituído por Jenison aos 28 minutos.

O treinador português lançou a campo Valdívia, Kelvin Osorio e Marcão, nas vagas de Rodriguinho, Rafael Gava e Felipe Marques, respectivamente.

Mesmo com as cinco alterações realizadas, o Dourado não conseguiu ter presença no campo ofensivo e fechou a etapa final sem finalizar contra o gol de Diego Alves. A construção seguia sendo feita pelo alto, o time pouco conseguia manter a bola no ataque e já não tinha o contragolpe a seu favor.

Com mais posse de bola, o Flamengo encontrava espaço nas costas da última linha de marcação. Antes de ampliar o placar, o Rubro-Negro teve pelo menos três oportunidades cara a cara com Walter, com direito a bola no travessão e boa recomposição de Marllon para evitar o chute de Gabigol.

Aos 33, o próprio Gabigol entrou em profundidade, recebeu ótima bola de Arrascaeta para tocar de primeira e fechar o marcador.

Depois de um primeiro tempo mais equilibrado, o Cuiabá foi abaixo na etapa final, com pouca criação e espaços nas costas da linha defensiva. O time comandado por António Oliveira fechou a partida com seis finalizações, sendo apenas uma na direção do gol e todas na primeira etapa.

Sem tempo para lamentar mais um revés fora de casa, a equipe auriverde volta a campo neste sábado, diante do Ceará, às 18h (de MT), na Arena Pantanal. O Dourado tem 12 pontos somados, enquanto o Vozão aparece com 15, fora do Z4.

Fonte GE Esportes

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS