REDES SOCIAIS

16°C

Análise: Cuiabá faz primeiro tempo desastroso, perde mais uma e vê Série B mais próxima

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Contra o Goiás, na Arena Pantanal, o Cuiabá repetiu os principais erros e continua seguindo à risca um roteiro que pode terminar com o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro. O time foi mais uma vez ineficaz ofensivamente, apresentou falhas defensivas e exibiu descontrole emocional logo após sair atrás no placar. Recheado de desfalques, a equipe terá novas baixas para o próximo confronto.

António Oliveira escalou André Luís como ala pela esquerda e Gabriel Pirani no trio de ataque – o meia-atacante voltou a ser titular após nove rodadas.

As mexidas forçadas não surtiram o efeito esperado, e o Cuiabá fez uma etapa inicial desastrosa dentro de casa. Logo aos oito minutos, uma sucessão de erros de posicionamento resultou no gol de Pedro Raul, completamente livre de marcação para finalizar de primeira.

Assim como nas últimas rodadas, o time auriverde sentiu o baque e demorou para se reorganizar em campo. O Goiás aproveitou para, novamente a partir de falhas defensivas, ampliar o marcador. Dadá Belmonte cruzou na área e Vinicius cabeceou para o fundo do gol.

O Esmeraldino foi o que o Cuiabá não conseguiu ser no primeiro tempo: eficaz no ataque e sólido na defesa. A equipe visitante teve menos posse de bola – 33% – e finalizou cinco vezes, três delas no alvo. Sob o comando de Jair Ventura, soube utilizar o contra-ataque e cedeu poucos espaços para o Dourado – que não chutou nenhuma vez na direção da baliza defendida por Tadeu.

Ao longo dos 45 minutos iniciais, mais os acréscimos, o time mato-grossense se limitou a lançamentos longos buscando Deyverson, mas que raramente resultam em chances claras de gol. A bola pouco passou pelo meio-campo e os atacantes não conseguiram dialogar por médias ou longas trocas de passe.

Segundo tempo superior

Após um primeiro tempo praticamente inexistente para o Cuiabá, o técnico português promoveu alterações que melhoraram o volume ofensivo na etapa final. A entrada de Felipe Marques pela esquerda deu mais profundidade, além de uma peça capaz de quebrar as linhas adversárias com o drible.

O Dourado teve o domínio das ações, com 75% de posse de bola e 16 finalizações, contra nenhuma do Goiás. Apesar do ímpeto ter aumentado e a construção pelo meio tivesse mais participativa, a falta de efetividade na hora de colocar a bola no fundo do gol foi mais uma vez o grande obstáculo para o Auriverde.

Deyverson diminuiu o prejuízo e foi dono da melhor chance da equipe além do gol marcado. Joaquim chegou a acertar a trave, Jonathan Cafú teve boa chance dentro da área, mas o pior ataque do Brasileirão segue com dificuldades para balançar as redes.

E agora?

A derrota para o Goiás, em plena Arena Pantanal, definitivamente não estava nos planos. O grupo auriverde contava com vitórias nos últimos jogos em casa, mas já tropeçou no primeiro desafio.

Agora são cinco jogos sem vencer – um ponto somado dos últimos 15 disputados -, sequência que fez o time estacionar na marca dos 31 pontos e cair para a 18ª colocação na tabela.

O próximo duelo é novamente na Arena Pantanal, justamente contra o 19º colocado: Avaí. Mais um confronto direto, em que os três pontos podem melhorar a situação do time mato-grossense.

Somente a vitória interessa nos últimos cinco compromissos na Série A do Brasileirão. Uma tarefa teoricamente possível de ser feita, mas que o Cuiabá conseguiu somente duas vezes nos últimos 17 duelos.

Até a 38ª rodada, o Dourado vai receber o Avaí, depois visitar o Botafogo, em seguida joga na Arena Pantanal contra o Palmeiras, sai para enfrentar o Atlético-MG e fecha a competição em seus domínios diante do Coritiba – adversário direto na briga contra o descenso.

Dos 15 pontos, o Auriverde precisa somar, pelo menos, dez para aumentar as chances de ficar na elite nacional. Na prática, tem que fazer algo que ainda não conseguiu nesta edição do Brasileirão: emplacar vitórias consecutivas.

Fonte GE Esportes

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS