REDES SOCIAIS

33°C

Após denúncias de irregularidades, ministro do TCU determina que governo suspenda compras de kits de robótica

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O ministro Walton Alencar Rodrigues, do Tribunal de Contas da União (TCU), determinou ao governo que suspenda os contratos e os repasses de dinheiro para a compra de kits de robótica por municípios de Alagoas.

A decisão é cautelar (urgente e provisória) e atendeu a pedido do senador Alessandro Vieira (PSDB-SE).

O senador pediu para o TCU investigar as aquisições, após reportagem do jornal “Folha de S.Paulo” apontar indícios de irregularidades na destinação de R$ 26 milhões, pelo Ministério da Educação e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), para aquisição de kits de robótica por municípios de Alagoas, no valor individual de R$ 14 mil, tendo como fonte emendas de relator.

O jornal afirma que as escolas beneficiadas não possuem infraestrutura básica e capacidade para administrar os kits adequadamente e que o valor destinado a sete municípios de Alagoas corresponde a 68% de todo o valor pago em 2022, pelo FNDE para todo o país.

Além disso, os kits foram adquiridos de uma mesma empresa, em valores supostamente acima do praticado pelo mercado.


window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

O que diz o relator

Na decisão cautelar, o relator do processo, ministro Walton Alencar Rodrigues, afirma que, após análise preliminar da área técnica, foram constatados indícios de irregularidade, com potencial de prejuízo aos cofres públicos, o que pede a decisão urgente do TCU.

“Os indícios de irregularidades apontados são graves e, caso confirmados, podem ocasionar prejuízo ao Erário relevante e a ineficácia da política pública de educação, caso os kits de robótica sejam destinados à municípios sem capacidade de utilizá-los adequadamente”, escreveu Walton.

O governo, através do FNDE, tem cinco dias, a contar da notificação, para suspender os termos de compromisso e os repasses de dinheiro. A decisão do ministro é do último dia 20.

O FNDE terá quinze dias para apresentar a sua defesa, além de fornecer informações detalhadas sobre o projeto de compra de kits de robótica.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS