REDES SOCIAIS

16°C

Apuração indica que fraude no Siafi usou CPFs de laranjas para desviar dinheiro

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

As investigações sobre a fraude no sistema de pagamentos da União, o Siafi (Sistema Integrado de Administração Financeira) apontam que os criminosos usaram CPFs de laranjas para poder desviar dinheiro público sem comprometer já de saída, as próprias identidades.

Como o blog revelou ontem, só em parte das operações descobertas houve tentativa de desviar R$ 3,5 milhões. O valor total do prejuízo –e do montante que foi alvo de transações ilegais não necessariamente concluídas– ainda está em apuração.

Os investigadores apontam que a fraude, iniciada com a alteração dos destinatários de ordens de pagamento de instituições do governo federal, incluía inserir como beneficiários dos valores desviados pessoas jurídicas não necessariamente envolvidas na operação ilegal.

O dinheiro era, depois, desviado novamente, inclusive para instituições financeiras situadas no exterior.

Na noite de ontem, o Tribunal de Contas da União se somou formalmente à força-tarefa que investiga o caso, abrindo uma auditoria para mapear as brechas que permitiram a fraude no Siafi.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS