REDES SOCIAIS

34°C

Atuações do Cuiabá: defesa falha, ataque é inoperante e coletivo tem novo jogo apático; dê suas notas

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

:root {
–base-color: #177d49;
–base-color-lg: #177d4955;
}

Ranking de Atuação

Ordem de escalação Nota GE Nota público

  • Cuiabá

    Walter – GOL

    nota ge 5.0
    público 5.0

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    Não teve falha nos gols, mas poderia ter defendido a cobrança de falta de Gustavo Scarpa.

  • Cuiabá

    Marllon – ZAG

    nota ge 3.5
    público 3.5

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    Falhou no encaixe da marcação contra Vargas no primeiro gol do Atlético. O zagueiro não conseguiu acompanhar o atacante, que cabeceou com liberdade dentro da pequena área. No terceiro gol, chegou atrasado na marcação e cometeu pênalti.

  • Cuiabá

    Bruno Alves – ZAG

    nota ge 4.0
    público 4.0

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    Atuação discreta coletivamente. Vulnerável, levou desvantagem nos duelos um contra um e para acompanhar as movimentações do ataque rival.

  • Cuiabá

    Alan Empereur – ZAG

    nota ge 4.5
    público 4.5

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    Parte do miolo de zaga, sofreu com os espaços cedidos pelo Cuiabá entre as linhas. Vulnerável, teve dificuldades para saltar a marcação e proteger a entrada da área. Com bola, teve atuação mais efetiva, com lançamentos, do que os meias.

  • Cuiabá

    Matheus Alexandre – LAT

    nota ge 4.5
    público 4.5

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    O Atlético conseguiu explorar bem os espaços cedidos pelo lado do lateral. Junto de Fernando Sobral e Derik Lacerda, o lateral não conseguiu encaixar nos homens de frente do rival e sofreu com as movimentações adversárias.

  • Cuiabá

    Denilson – MEI

    nota ge 4.0
    público 4.0

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    Encontrou dificuldades para encaixar a marcação nos meias do Atlético. Com bola, não conseguiu fazer o time progredir, com atuação discreta e erros de passe.

  • Cuiabá

    Guilherme Madruga – MEI

    nota ge 4.5
    público 4.5

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    Demorou para entender as movimentações necessárias em campo. Apesar dos poucos minutos em campo, não conseguiu conduzir o time ao ataque, nem evitar que o Atlético continuasse dominando o meio-campo.

  • Cuiabá

    Fernando Sobral – MEI

    nota ge 5.0
    público 5.0

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    Entregou intensidade, mas teve dificuldades para acompanhar as movimentações do Atlético. Quando o time tinha a bola, não conseguiu fazer a bola sair da defesa para chegar nos atacantes. Com a formação tendo apenas dois meias, o volante sofreu para ajudar a equipe a progredir em campo.

  • Cuiabá

    Lucas Fernandes – MEI

    nota ge 4.0
    público 4.0

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    Se a ideia da comissão técnica era colocá-lo em campo para tentar recuperar o meio, na prática não funcionou. O meia sofreu para correr atrás do Atlético, manteve a linha defensiva vulnerável e não conseguiu construir ofensivamente.

  • 10º

    Cuiabá

    Rikelme – LAT

    nota ge 4.0
    público 4.0

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    Assim como o companheiro de posição, Rikelme sofreu para segurar as progressões do Atlético pelos lados. Contra um time que explora a amplitude, o jogador ficou preso na defesa, apareceu pouco no ataque e cedeu espaços.

  • 11º

    Cuiabá

    Clayson – ATA

    nota ge 3.5
    público 3.5

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    Atuação apática do atacante. Deixou o campo com apenas dez ações com bola e quatro passes no primeiro tempo, sendo somente dois certos.

  • 12º

    Cuiabá

    Eliel – ATA

    nota ge 4.0
    público 4.0

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    Entrou para o time seguir tendo velocidade pelas pontas. Assim como Derik Lacerda, conseguiu algumas arrancadas, mas nenhuma com efetividade.

  • 13º

    Cuiabá

    Derik Lacerda – ATA

    nota ge 5.0
    público 5.0

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    Bastante acionado em bolas longas para explorar a velocidade às costas da defesa rival. Principal válvula de escape para progredir ao ataque. Solitário, as arrancadas renderam poucas chances de perigo.

  • 14º

    Cuiabá

    André Luís – ATA

    nota ge 4.0
    público 4.0

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    Com pouco mais de 15 minutos em campo, o atacante praticamente não apareceu ofensivamente.

  • 15º

    Cuiabá

    Isidro Pitta – ATA

    nota ge 4.0
    público 4.0

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    Sofreu com os mesmos motivos de Luciano Giménez. Isolado, não recebeu nenhuma bola e condições de finalizar ou fazer trabalhos de pivô e apoio para manter a bola no ataque. Com um time pouco criativo, deixou o campo sem finalizar.

  • 16º

    Cuiabá

    Luciano Giménez – ATA

    nota ge 4.0
    público 4.0

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    Entrou no segundo tempo, mas praticamente não participou do jogo. Isolado no comando do ataque, brigou nas bolas lançadas pela defesa, mas sofreu para manter a bola no setor ofensivo.

  • 17º

    Cuiabá

    Luiz Fernando Iubel – TEC

    nota ge 3.5
    público 3.5

    minha nota
    8.5

    Avaliar 5.0

    Mais um jogo apático do Cuiabá sob seu comando interino. O Cuiabá viu o Atlético jogar na Arena Pantanal e não conseguiu competir. O time criou nenhuma chance de gol, no segundo tempo sequer finalizou e defensivamente novamente se mostrou vulnerável, tanto na bola aérea quanto com o adversário construindo pelo chão.

Fonte GE Esportes

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS