REDES SOCIAIS

28°C

Botelho diz que emendas devem ser destinadas diretamente nas contas das Prefeituras

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

@media only screen and (max-width: 767px) {
.img-wrapper {
margin-bottom: 5px;
}

.content-title {
margin-bottom: 10px;
}
}

 

EDUARDO BOTELHO.jpg

 

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Eduardo Botelho (União Brasil), afirmou que o Governo do Estado e parlamentares entraram em consenso a respeito da destinação de emendas diretamente para o caixa das prefeituras. “Então o governador concordou e as emendas vão para o município, que vão executar, aí depois presta conta”, explicou Botelho.

Os parlamentares criticavam a burocracia para a aprovação dos recursos. Os projetos precisavam ser aprovados pela Sinfra, que muitas vezes demora meses para liberar os recursos. “Não dá para fazermos emenda, por exemplo, para uma obra pequena, a prefeitura faz o projeto, aí a Sinfra fica dois, três meses, analisando item por item, não tem lógica isso. A prefeitura tem que ter responsabilidade. Senão fica um analisando o outro e criando custo, tem que acabar a burocracia, se passa o dinheiro para prefeitura, prefeitura tem que ter responsabilidade”, afirmou.

Segundo Botelho, caso a proposta seja aprovada já nas sessões desta semana, os recursos de emendas parlamentares passarão a ser enviados diretamente para que as prefeituras façam as obras. “As prefeituras encaminham também para o TCE para fiscalizar e a própria Sinfra pode fazer a fiscalização. Não tem sentido, porque a Sinfra pede o projeto aprovado pela equipe de engenheiros, aí depois tem que aprovar novamente pela Sinfra. Então o governador concordou e as emendas vão para o município, que vão executar, aí depois presta conta, encaminha para TCE e outros órgão de controle fazem a fiscalização”, explicou Botelho.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS