REDES SOCIAIS

21°C

Botelho mantém ?pé no chão? e diz que liderança em pesquisas não garante nada

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Fred Moraes

Única News

@media only screen and (max-width: 767px) {
.img-wrapper {
margin-bottom: 5px;
}

.content-title {
margin-bottom: 10px;
}
}

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e pré-candidato a prefeito de Cuiabá, deputado estadual Eduardo Botelho (União Brasil), agradeceu sua expressiva pontuação obtida no levantamento do MT Dados, onde apareceu com 33% das intenções de votos, mas ponderou que ainda é cedo para o “já ganhou”.

Botelho acredita que o bom desempenho é fruto de uma série de ações planejadas e executadas durante seu mandato na Baixada Cuiabana, mas salienta que toda pesquisa é “uma fotografia” do momento e que até outubro muita coisa pode mudar. O presidente afirmou que existem muitos pré-candidatos e até meados do ano, o cenário “se afunilará” tornando a disputa mais acirrada.

“Recebi com alegria, mais uma vez, mostra que estamos no caminho certo. Esse trabalho tem que continuar fazendo entregas e trabalhando com o povo. Ainda é cedo para avaliar vitória, a pesquisa é retrato do momento, que irá se acirrar. Tem alguns candidatos que deverão sair, vai mudar esse quadro. O principal é continuar trabalhando”, disse o deputado.

O pré-candidato ainda contou que seu principal foco, por ora, é tentar manter seu grupo político unido para depois ir buscar apoio de outras siglas e preparar sua base eleitoral.

“A expectativa é unir o grupo em 100%, aparar as arestas para todo mundo ficar junto. Estou buscando aliados e trabalhando na montagem de chapas. Estou conversando e acredito que podemos chegar junto a outros dez partidos. Mas, inicialmente estou tentando buscar novos nomes para serem nossos pré-candidatos”, contou Botelho.

A pesquisa foi feita pelo Instituto MT Dados e divulgada na segunda-feira (11). No levantamento, Eduardo Botelho apareceu na liderança com 33% das intenções de votos. Em seguida, à distancia, vem Abílio Brunini (PL) com 19%; em terceiro lugar (empatado tecnicamente) vem o deputado estadual Lúdio Cabral (PT), com 14%. Já na quarta colocação, vem o vice-prefeito de Cuiabá, José Roberto Stopa (PV), com 2,0%. Juca do Guaraná ocupa a quinta colocação com 1,3%.

A pesquisa foi desenvolvida nas modalidades espontânea e estimulada, entrevistando 1.060 pessoas entre os dias 7 e 10 de março, e possui um nível de confiança de 95%. A margem de erro é de 3 pontos percentuais.

O levantamento está registrado na Justiça Eleitoral com o número MT-07478/2024.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS