REDES SOCIAIS

20°C

Brasil pede que Israel reveja ‘veto’ a 24 brasileiros e parentes impedidos de deixar a Faixa de Gaza

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, pediu ao chanceler israelense, Eli Cohen, que o país reveja a negativa para que um grupo de 24 brasileiros e parentes de brasileiros deixasse a Faixa de Gaza.

Dos 24 barrados, sete são brasileiros e pais de família. Com isso, além deles, os núcleos familiares inteiros deixaram de embarcar.

O Brasil esperava retirar 102 pessoas nessa nova operação de repatriação, concluída na madrugada desta segunda (11). No fim, voltaram apenas 48 pessoas.

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

O veto aos 24 nomes, que resultou no cancelamento da viagem também de seus familiares próximos, explica a diferença nos números.

Os chanceleres do Brasil e de Israel se falaram no último sábado (9). O Brasil pediu uma reconsideração dos critérios e a liberação do grupo, mas ainda aguarda resposta. O motivo para os vetos ainda é mantido em sigilo.

O segundo grupo de brasileiros e parentes palestinos retirados da Faixa de Gaza pelo Itamaraty chegou ao Brasil na madrugada desta segunda.

No total, 48 pessoas foram retiradas do território que é cenário de uma guerra entre Israel e o grupo terrorista Hamas.

O avião da Força Aérea Brasileira (FAB) que os trouxe pousou em Brasília pouco antes das 4h da manhã (horário local), após um voo sem escalas que partiu de Cairo, no Egito, na noite de domingo (10).

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS