REDES SOCIAIS

19°C

Brasileiro que derrubou agressor é recebido pelo primeiro-ministro da Irlanda e ganha medalha por deter ataque em Dublin

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O entregador brasileiro Caio Benício, de 43 anos, que mora na Irlanda e reagiu ao ataque a facadas que deixou 5 feridos ? 3 deles crianças ? perto de uma escola de Dublin, foi recebido pelo primeiro-ministro Leo Varadkar. Em sua rede social, ele contou que foi homenageado com uma medalha pelo ato de coragem durante um ataque em Dublin.

Na quinta-feira (23), Caio impediu que a tragédia fosse ainda maior, quando derrubou o agressor com golpes de capacete.

Em entrevista ao g1, ele contou que trabalha como entregador no país e não pensou duas vezes após passar e ver a situação.

?Eu trabalho de delivery aqui, eu estava passando em frente a uma escola quando eu vi uma briga na calçada. Eu achei, a princípio, que fosse uma briga normal com um homem e uma mulher. Depois eu fiquei sabendo que ela era professora da escola. Eles estavam brigando e puxando uma garotinha?, contou Caio.

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

O ataque contra a escola gerou uma série de protestos em Dublin. Nesta sexta, as autoridades disseram que 34 pessoas foram presas durante uma série de manifestações anti-imigração violentos. O homem que atacou a escola e foi derrubado por Caio seria estrangeiro. Um ônibus e um carro da polícia foram queimados durante os protestos.

O governo do país não considera o ataque contra a escola como um ato de terrorismo, mas as investigações ainda não determinaram as motivações do crime. No total, cinco pessoas ficaram feridas, sendo três crianças.

?Quer receber as principais notícias do Grande Rio no seu celular? Clique aqui e entre para o canal do g1 Rio no WhatsApp

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

Ataque em área movimentada

Caio viu que aquela cena na Parnell Square, praça movimentada de uma área residencial no centro da capital irlandesa, não era uma briga comum.

?Aí eu diminuí para ver o que estava acontecendo quando o cara conseguiu agarrar a garotinha e puxou uma faca. Eu parei a moto e o vi esfaqueando a menininha no peito. Eu não tive tempo de pensar. Fui para cima, tirei o capacete, até para me proteger, e acertei com o capacete na cabeça e ele caiu?, disse o motoboy.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS