REDES SOCIAIS

12°C

Candidatura de Bivar tira Bolsonaro e WF do palanque de Mendes em MT

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Os planos do governador Mauro Mendes (União Brasil) em ter o presidente Jair Bolsonaro (PL) em seu palanque, caso saia à reeleição, parecem estar com os dias contados.


Mesmo a contragosto de Mendes – que parece ignorar as pretensões de seu partido e olhar apenas para suas projeções pessoais – o União Brasil trabalha a pré-candidatura do deputado federal Luciano Bivar à presidência da República.


Aliados do político, inclusive, já tentam montar agendas entre Bivar e o ex-ministro Sergio Moro, que podem encarar às urnas em outubro em uma chapa pura da sigla, pela chamada “terceira via”.
Esse cenário impediria de vez qualquer chance de Mendes e Bolsonaro caminharem juntos no próximo pleito eleitoral, causando um estrago as projeções do governador.


Caso esse desenho se confirme, o PL tende a lançar uma candidatura própria ao Governo de Mato Grosso, especialmente para dar palanque ao presidente. De quebra, ainda afasta de Mendes o senador e candidato à reeleição Wellington Fagundes (PL).


Vale lembrar que, de aliados políticos, Bivar e Bolsonaro se tornaram inimigos, numa relação que chegou ao fim em novembro de 2019. Naquela ocasião, Bivar tentou levar o então PSL para uma posição de independência do governo. Além disso, o filho de Bolsonaro, o deputado federal Eduardo Bolsonaro foi destituído da presidência do PSL em São Paulo pela direção nacional da sigla – sob o comando de Bivar.

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS