REDES SOCIAIS

22°C

Cattani é ?salvo? por vereadores de Cuiabá e tem Título de Cidadão Cuiabano mantido

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

@media only screen and (max-width: 767px) {
.img-wrapper {
margin-bottom: 5px;
}

.content-title {
margin-bottom: 10px;
}
}

O deputado estadual Gilberto Cattani (PL), mais uma vez, saiu por cima mesmo cometendo diversos ataques a mulheres. Na manhã desta quinta-feira (13), foi rejeitado pela Câmara de Vereadores da capital, o pedido do vereador Luis Cláudio (PP) que requeria a revogação do Título de Cidadão Cuiabano concedido ao deputado.

O autor do requerimento, afirmou que após os diversos escândalos misóginos cometidos pelo deputado, ao comparar a gestação de mulheres com vacas, não seria compatível a Câmara manter a homenagem ao parlamentar.

Para que o título fosse revogado, eram necessários 18 votos favoráveis. Mas, durante a votação apenas 13 vereadores para aprovar o decreto. Outros 4 vereadores votaram contra e 3 se abstiveram.

O pedido foi endossado após vir a público uma denúncia da vereadora Maysa Leão (Republicanos) contra o deputado. Na ocasião, a parlamentar afirmou ser vítima de ataques e ameaças resultantes de uma publicação editada, postada no Instagram do deputado, insinuando que ela defende estupradores.

Votaram pela retirada do título: o presidente da Câmara, Chico 2000 (PL), Maysa Leão (Republicanos), Demilson Nogueira (PP), Michelly Alencar (União), Sargento Joelson (PSB), Rodrigo Arruda e Sá (Cidadania), Mário Nadaf (PV), Eduardo Magalhães (Republicanos), Luís Cláudio (PP), Dilemário Alencar (Podemos), Edna Sampaio (PT), Fellipe Corrêa (Cidadania) e Rogério Varanda (MDB).

Votaram contra os vereadores Adevair Cabral (PTB), Marcos Brito Júnior (PL), Wilson Kero Kero (Podemos) e Jeferson Siqueira (PSD).

Em cima do muro ficaram Ricardo Saad (PSDB), Cezinha Nascimento (União) e Dídimo Vovô (PSB). Estiveram ausentes Sargento Vidal (MDB), Lilo Pinheiro (PDT), Luiz Fernando (Republicanos) e Kássio Coelho (Patriota).

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS