REDES SOCIAIS

28°C

Cuiabá registra poucas baixas médicas em 2022, e Uendel é principal desfalque; confira balanço

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O Cuiabá garantiu a permanência na última rodada e disputará a elite do futebol brasileiro pelo terceiro ano consecutivo. Para confirmar o principal objetivo da temporada, o Dourado contou com uma ajuda extracampo: o número baixo de lesões no elenco. Foram apenas 32 baixas médicas que desfalcaram atletas de pelo menos um jogo ao longo de 2022 – o 5º número mais baixo entre os times da Série A.

O time mato-grossense só ficou atrás no número de problemas clínicos de Palmeiras (21), Atlético-GO (21), Flamengo (26) e Santos (29).

Uendel foi a principal ausência do Cuiabá em 2022, com 26 jogos como desfalque por duas lesões. O lateral ficou de fora de seis partidas em abril por conta de uma lesão no músculo pectíneo da coxa esquerda. Em julho, o atleta precisou passar por uma intervenção cirúrgica, após romper o ligamento cruzado anterior do joelho direito. A lesão o deixou fora do restante da temporada – um total de 20 duelos até o fim do Brasileiro.

Camilo foi o segundo desfalque com mais partidas fora. Foram dois problemas nos tornozelos (uma entorse no direito, em março; e uma lesão no ligamento do esquerdo, em outubro), que o afastaram de 19 jogos do Dourado.

Ao todo, 20 atletas passaram pelo DM pelo menos uma vez em 2022. Com três vezes cada, Alan Empereur, Igor Cariús e Pepê foram os atletas com mais passagens pelo departamento médico ao longo da temporada. Pepê, inclusive, foi o terceiro jogador que mais desfalcou a equipe por problemas clínicos, com 13 jogos, por conta de dois problemas musculares na coxa e por uma pancada na cabeça.

Para a contabilização da lista, o Espião Estatístico desconsiderou atletas poupados por desgaste físico ou com problemas fisiológicos. Além disso, casos de covid, gripes, viroses e indisposição também não entraram na conta.

*Contribuiu para o levantamento o setorista Jonathas Gabetel

Critérios e Metodologia

As informações levantadas para esta pesquisa foram retiradas no site oficial do Cuiabá e apuradas junto aos setoristas do ge no dia a dia.

O recorte temporal deste levantamento foi de 01 de janeiro de 2022 até a data da publicação desta matéria: 15 de novembro de 2022. Todas as baixas médicas sofridas pelos jogadores fora desse universo temporal não entraram na pesquisa.

O critério para inclusão de um atleta no levantamento foi o veto pelo departamento médico de pelo menos uma partida oficial por motivo clínico. Todos os problemas médicos que impediram a escalação do jogador na equipe para a partida seguinte foram computados no levantamento. Jogadores poupados e com desgaste físico não entraram na conta assim como problemas fisiológicos.

Fonte GE Esportes

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS