REDES SOCIAIS

14°C

Deputada diz que ampliação de palanque em MT foi orientação de Lula

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

A deputada federal Rosa Neide (PT), afirmou na tarde desta terça-feira (19), que a ampliação de palanque em Mato Grosso com políticos alinhados ao agronegócio partiram do pré-candidato a presidência da República, Luis Inácio Lula da Silva (PT).

Segundo ela, Lula prega que não pertence apenas há um partido, mas sim, há um movimento nacional, onde todos podem se asentar à mesa.

“A luta para que a gente tenha um palanque mais amplo é orientação do próprio presidente Lula. Ele diz que não é candidato apenas do Partido dos Trabalhadores, ele é candidato do movimento nacional de pessoas democratas. Então, todos os democratas tem a liberdade de sentar na mesa e fazer a discussão. Então, quem gosta da democracia, de fazer os princípios republicanos, pode vir que tem lugar à mesa. tem lugar neste palanque”, disse ela.

Nesta última semana, a Federação Brasil da Esperança, formada por PT, PV e PCdoB, fechou apoio ao deputado e pré-candidato ao Senado, Neri Geller (PP), tendo como 1ª suplente a primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (PV).

Além de Neri, o senador Carlos Fávaro (PSD), também se deslocou à esquerda, e será o coordenador de campanha de Lula no estado.

Ambos estavam diretamente ligados ao agronegócio, onde tem por sua maioria, simpatizantes do Governo Bolsonaro, oposição ao petista.

Logo após o anúncio, a dupla sofreu uma enxurrada de criticas e mais de 15 sindicatos rurais do estado se posicionaram contrários ao fechamento da aliança.

Rosa Neide afirmou que ficou entristecida pela situação, visto que, não se respeitam às escolhas partidárias de cada indíviduo.

“Eu vi algumas cartas, os texto praticamente iguais, os sindicatos foram quase que reproduzindo o conteúdo. Me entristece muito um país onde não respeita a liberdade de opinião. O deputado Neri Geller, ele foi ministro no governo Dilma”, disse ela.

A fala foi realizada durante entrevista à Rádio Capital.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS