REDES SOCIAIS

21°C

Deputado cita onda de ataques e volta a defender militarização de escolas em MT

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O deputado estadual e sargento da Polícia Militar (PM), Elizeu Nascimento (PL), voltou a defender a militarização das escolas públicas de Mato Grosso, nesta quarta-feira (12). À imprensa, o parlamentar reforçou seu posicionando ao mencionar a onda de ameaças de massacres nas instituições de ensino do Estado.

Conforme o militar, “não há massacres em escolas militares”.

“Eu sou a favor de detectores de metais e do policiamento nas escolas, até porque o policiamento é fortalecer a nossa ideia de implantação de escolas militares no Estado. Isso comprova que é algo que é realmente necessário. Além da própria disciplina, nós temos policiais trabalhando diuturnamente armados e fazendo também a segurança desses alunos”, disse logo após participar da reunião organizada pela Secretarias de Estado de Educação (Seduc-MT), que discutiu o processo de instalação de câmeras de monitoramento nas escolas estaduais.

Autointitulado de ‘conservador’, o bolsonarista ainda reforçou que os constantes casos de violência no âmbito escolar, apenas reforçam que a discussão em torno da militarização das escolas ‘estava no caminho certo’.

“E hoje vem à tona esses ataques que comprova que nós estávamos no caminho certo defendo as escolas militares”, reiterou.

Reunião na Seduc

A reunião organizada pela Secretarias de Estado de Educação (Seduc-MT), teve como objetivo discutir o início do processo de instalação de câmeras de monitoramento nas escolas estaduais de Mato Grosso.

Isso porque, na última quinta-feira (6), o governador do Estado, Mauro Mendes (União), confirmou a aquisição de 5,5 mil câmeras para instalar nas salas de aulas. Mauro revelou que a medida faz parte do programa “Vigia Mais MT”.

A reunião foi comandada pela Seduc em parceria com a Secretaria de Segurança Pública (Sesp), com a participação do Ministério Público Estadual, Conselho Estadual de Educação e Undime (União dos Dirigentes Municipais de Educação de Mato Grosso).

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS