REDES SOCIAIS

23°C

Deputados colocam RGA em pauta; governador classifica atitude de ‘oportunismo’ em ano eleitoral

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Eduardo Botelho (União Brasil), decidiu ‘peitar’ o governador Mauro Mendes e colocou para votação na sessão dessa quarta-feira (01), o Projeto de Decreto Legislativo que susta os efeitos de uma decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que impedia o pagamento retroativo de 4,19% da Revisão Geral Anual (RGA) dos servidores públicos do Estado, referente ao ano de 2018.

Mendes chegou a chamar a atitude dos parlamentares de ‘oportunismo’ por causa das eleições deste ano.

“Esse tema (RGA) não pode ser o grande tema do Estado de Mato Grosso, como já foi em outro momento. Eu respeito muito servidor público, mas nós já temos uma política definida para isso. Não podemos, a todo momento, trazer alguma coisa para ficar colocando na mesa, até para gerar notícia. Alguns querem ganhar com isso. Em momentos eleitorais isso acontece e é lamentável, produz resultados inconsistentes e insólitos de médio e longo prazo”, comentou o governador.

Gesp News

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS