REDES SOCIAIS

29°C

Deputados votam 41 vetos do Governo de MT, derrubam 4 e mantém 37

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Eduardo Botelho (UB), afirmou antes do início da sessão – que votaram os 41 vetos do governador Mauro Mendes (UB), onde quatro vetos foram derrubados pelos parlamentares e 37 mantidos -, que as emendas aos parlamentares já estão sendo pagas pelo Governo.

“Estão cumprindo, inclusive pagando para todos, incluindo deputados da oposição, todos, que é um direito do deputado isso. Não é favor, nada disso, está fazendo nada mais que a obrigação. Está pagando, praticamente todas [emendas] vão ser pagas”, afirmou Botelho.

Durante sessão os quatros vetos derrubados foram: 55/2022, que altera as diretrizes para elaboração da Lei Orçamentária deste ano; 1/2022, que estabelece critérios aos grupos que tem prioridades para receber gratuitamente a vacina H1N1, no Estado de Mato Grosso, de autoria do deputado Eduardo Botelho; 40/2022, que institui o Código de Defesa do Empreendedor, estabelece normas para expedição de atos públicos de liberação da atividade econômica, dispõe sobre a realização de análise de impacto regulatório, do parlamentar Ulysses Moraes (PTB) e 51/2022, que veda a eliminação de candidato classificado fora das vagas disponíveis no certame no âmbito do Estado de Mato Grosso, de autoria do deputado Valdir Barranco (PT).

O Projeto de Lei que pede a redução de 50% da carga horária dos servidores estaduais que têm dependentes diretos com deficiência ou uma doença incapacitante foi um entre os 37 vetos mantidos pelos deputados de Mato Grosso. (Com informações da Assessoria)

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS