REDES SOCIAIS

22°C

?Ele tem que se preocupar com a eleição dele?, diz Mendes sobre Bolsonaro

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O governador Mauro Mendes (União), voltou a falar nesta segunda-feira (1), sobre a possibilidade de abrir seu palanque para seus aliados na disputa ao Senado. Acompanhado do senador Wellington Fagundes (PL), Mauro disse que a pauta deve ser definida ainda essa semana.

Com viagem marcada para Brasília nesta quarta-feira (3), Mendes garante que não irá para tratar sobre sua chapa em Mato Grosso. No entanto, existe certa pressão por parte do presidente Jair Bolsonaro (PL) para que Mauro firme apoio com Fagundes e seu palanque esteja restrito apenas aos aliados de direita.

Em coletiva, Mendes enfatizou que o presidente “deve se preocupar com a eleição dele”.

“Na quarta-feira eu vou até Brasília, mas essa definição [palanque aberto] será feita aqui, isso não é um assunto para ser resolvido em Brasília. Eu não conversei com o presidente sobre isso, mas ele tem que se preocupar com a eleição dele, a eleição de Mato Grosso a gente cuida e faz aqui, não tem problema nenhum a gente dialogar com ele ou com qualquer líder partidário, mas essas definições são tomadas no âmbito estadual”, disse.

O governador ainda aproveitou para falar que apesar da sua aproximação com Fagundes e do apoio firmado com o PL e Bolsonaro, partidos aliados como PSB e MDB divergem do assunto e “exigem” a abertura do palanque. Mauro disse que irá tentar buscar um denominador comum antes de tomar uma decisão final.

“Isso nunca foi fechado nem que sim e nem que não. Isso era para ter sido definido na semana passada, mas infelizmente eu tive alguns problemas de família e tive que me ausentar boa parte dessa semana. O PSB e o MDB defendem que seja aberto enquanto o Wellington e o PL defendem o contrário, então essa semana vamos ter que encontrar um denominador comum para tomar essa decisão”, explicou.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS