REDES SOCIAIS

18°C

Eleição presidencial da Colômbia terá segundo turno entre Petro e Hernández

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Os eleitores colombianos que foram às urnas neste domingo (29) para votar no primeiro turno das eleições presidenciais no país. Com a maior parte das urnas apuradas, o segundo turno vai contar com Gustavo Petro, seguido pelo candidato independente Rodolfo Hernández.

Petro é o candidato de esquerda. Ele ficou em primeiro lugar, com 40,4% dos votos. (para levar o pleito em primeiro turno, seria preciso ter mais de 50% dos votos). O segundo turno das eleições colombianas está marcado para o dia 19 de junho.

Petro já foi deputado duas vezes, senador e prefeito da cidade de Bogotá. Essa é a terceira vez que se candidata à presidência (ele foi derrotado em 2010 e 2018).


window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

Quem fica com a segunda vaga para a disputa é o empresário populista independente Rodolfo Hernández, de 77 anos, que obteve 27,9% dos votos. Ele, que já foi chamado de “Trump tropical” pela imprensa local, cresceu nas intenções de voto nos dias antes da eleição e desbancou o favorito a ir ao segundo turno Federico Gutierrez.

Recentemente, Hernández obteve o apoio da ex-refém da guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) Íngrid Betancourt, a única mulher que disputava a eleição, e que decidiu desistir da corrida devido aos maus resultados nas sondagens.

Eleições de 2018

A última eleição presidencial, em 2018, foi dominada por um tema: o acordo de paz entre o governo e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Naquele ano, o país elegeu o presidente Iván Duque pouco depois de ter votado contra um referendo sobre o acordo.

Duque é um aliado do ex-presidente Álvaro Uribe, que foi contrário ao acordo de paz desde o princípio.

VÍDEOS: veja os mais recentes do g1

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS