REDES SOCIAIS

33°C

Eleitorado cresce 6% no Estado em relação a 2020 e 51% são mulheres

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

Mato Grosso contará com 2.469.414 eleitores aptos a votar nas Eleições 2022. O número foi consolidado pela Justiça Eleitoral após análise de todos os formulários preenchidos pela população nos últimos dias antes do fechamento do cadastro eleitoral via plataforma Título-net.

O eleitorado 2022 é 6,1% maior que o número de eleitores aptos em 2020. Pelo levantamento do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso, 51% do total é composto por mulheres, e 49% por homens. 

Chama a atenção o aumento do quantitativo de jovens ainda não obrigados ao voto e que estão aptos a participar do pleito. Nas eleições de 2020, eles representaram 0,7% do eleitorado, num total de 15.843 jovens de 16 e 17 anos. Já nas Eleições 2022, a participação desta faixa etária praticamente dobrou, chegando aos 31.358 eleitores, ou, 1,3%. “Nós encaramos este número de forma muito positiva.

Os jovens precisam se envolver, saber o que está acontecendo em nosso país, se posicionar. Realizamos palestras, campanhas de comunicação, tutoriais virtuais, e até mutirões para cadastrar este jovem eleitor dentro de sua escola. O resultado está aí, cadastramos o dobro de jovens para este pleito do que em relação ao pleito anterior. A Justiça Eleitoral segue trazendo a voz da população para a política”, destacou o presidente do TRE-MT, desembargador Carlos Alberto Alves da Rocha. 

Ainda sobre faixa etária, a maior variação aconteceu nas pessoas com mais de 100 anos de idade. Em 2020 este eleitorado era de 709 eleitores, e neste pleito serão 1.576. Considerando todos os eleitores com mais de 70 anos, ou seja, os que não possuem a obrigatoriedade do voto, Mato Grosso possui atualmente 174.014 eleitores, uma elevação de 11,8% frente ao pleito de 2020. 

Outro ponto de destaque no perfil do eleitorado mato-grossense é o grau de instrução. Na análise, 24,7% possui o ensino médio completo, 22,3% possui o ensino fundamental incompleto, 16,9% o ensino médio incompleto, 13% o ensino superior completo, 7% diz saber ler e escrever, 6% o superior incompleto, o mesmo para o ensino fundamental completo. O percentual de pessoas que se declararam analfabetos é de 4%, lembrando que para estes o voto é facultativo. 

Com relação a diversidade de gênero, Mato Grosso possui atualmente 570 eleitores que optaram por usar o seu nome social. O número mais que dobrou frente aos 212 que fizeram esta opção em 2020, e os 140 em 2018. 

Como ação preparatória da Justiça Eleitoral, é solicitado aos eleitores que informem eventuais deficiências. Neste pleito 11.287 pessoas disseram possuir algum tipo de deficiência (28% locomoção, 20% visual, 13% auditiva, 5,5% dificuldade para o exercício do voto, e 33% possuem outro tipo de deficiência). Em 2020 este número era de 8.868 eleitores.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS