REDES SOCIAIS

33°C

Em operação contra comércio ilegal de armas no Rio, PF descobre comerciante com autorização de venda de armamentos suspensa

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Na operação conjunta que realizaram nesta quarta-feira (15) sobre o comércio ilegal de armas no Rio, a Polícia Federal e o Exército descobriram que um dos comerciantes, um policial federal aposentado, estava com a autorização para a venda de armas suspensa.

O blog apurou que o escrivão aposentado Marcelo Costa Barros foi um dos quatro presos na operação Desarmada.

Marcelo terá de explicar ao Exército onde está a documentação das armas apreendidas. Os processos de compra dos fuzis não foram encontrados pela Força.

Ao todo, foram apreendidas 80 armas, sendo 68 fuzis e mais 12 revólveres, de calibres restritos.

Os policiais da Delepat (Delegacia especializada de repressão a crimes contra o patrimônio), da PF, e militares do Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados da 1ª Região Militar do Exército encontraram ainda 204 carregadores de fuzis.

O blog ainda não conseguiu contato com a defesa do escrivão aposentado.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS