REDES SOCIAIS

21°C

Emanuel cita cavalheirismo em ida de Bezerra a coletiva de Mauro

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

Adversário assumido do governador Mauro Mendes (União), o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) avaliou que a presença do deputado federal Carlos Bezerra – que é presidente estadual da sigla – no anúncio de pré-candidatura à reeleição do chefe do Executivo não passa de “cavalheirismo” e que o partido ainda discute a possibilidade de uma candidatura própria para o pleito deste ano.

Segundo Pinheiro, o cacique só está finalizando a aliança que foi firmada em 2018, com o antigo Democratas. O emedebista ainda garantiu que até o início das convenções “muita coisa pode mudar”.

“O Bezerra é um cavalheiro, o MDB está no governo, nós apoiamos o governador em 2018 e temos um compromisso com essa gestão, então o espaço que o MDB ocupou não é benevolência, é conquista. Então até as convenções, é normal que ele participe dos eventos do governador. Assim como ele participa conosco das reuniões que articulamos possíveis candidaturas próprias ou até mesmo nomes aliados. […] uma candidatura própria soa como música nos ouvidos dele”, disse na noite desta segunda-feira (18).

Questionado sobre o apoio, Bezerra disse à imprensa que a decisão só será tomada durante as convenções. “A nossa convenção é dia 27, já nas próximas semanas, lá vocês vão saber de que lado o MDB vai estar”, disse Bezera.

Apesar da fala sucinta do emedebista, o governador chegou a mencionar que Bezerra já havia falado sobre a renovação da aliança e enfatizou que acredita na palavra do cacique.

“O senador Carlos Bezerra disse sabiamente que é convenção quem toma as decisões, mas eu posso dizer que ele já falou para mim e inclusive para outras pessoas que o MDB vai estar coligado conosco, agora a decisão de coligação só é tomada em conjunto, eu acredito sim e não tenho motivo nenhum para duvidar da palavra dele”, avaliou Mendes.

Membros do MDB já bateram o martelo

Mesmo com a bola dividida entre alguns emedebistas com relação ao apoio do partido às candidaturas majoritárias em Mato Grosso, os deputados Janaina Riva e Juarez Costa decidiram se unir e já bateram o martelo na reeleição de Mendes e do presidente Jair Bolsonaro (PL).

Janaina que é vice-presidente estadual do MDB, garantiu que estará presente na convenção da legenda, com seus apoios majoritários fechados e com o acordo de não comporem palanques com candidatos da esquerda.

“O MDB definiu que só iria redefinir com quem deve seguir nas eleições, durante as convenções partidárias. Eu e o deputado Juarez batemos o martelo com o nosso grupo de lideranças que caminharemos com as candidaturas majoritárias alinhadas com a Direita e vamos para a convenção partidária com nosso posicionamento já definido para defende-lo”, explica a deputada.

De acordo com a parlamentar, ambos têm observado movimentos bastante diversos e membros de partidos caminhando em sentidos opostos, principalmente no que diz respeito ao palanque do presidente. “Queremos apenas dizer que estamos juntos com relação a isso pelo fato do nosso grupo de alianças entender que as pautas do Bolsonaro se afinizam mais com Mato Grosso”, finalizou.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS