REDES SOCIAIS

21°C

Emanuel diz que Fávaro precisa se desvincular de Mendes para disputar Governo

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), disse que para consolidar uma possível candidatura do senador Carlos Fávaro (PSD) ao Governo, o socialdemocrata deverá se desvincular totalmente do governador Mauro Mendes (União).

Fávaro que fazia parte da base aliada do chefe do Paiaguás — que busca sua reeleição —, está ensaiando uma chapa de oposição junto à Federação PT, PV e PCdoB.

Segundo Emanuel, Fávaro foi “picado pela mosca azul” e só agora “está sentido os efeitos”.

“Ele foi picado pela mosca azul, ele começou a sentir os efeitos agora, mas essa ideia ainda não estava dominando o seu corpo. […] Nós temos que resolver o problema agora, existem algumas coisas que precisam ser resolvidas de imediato e a desvinculação com o Governo é o primeiro passo, até para dar espaço para esse cenário do nome do Fávaro ao governo”, disse o prefeito da Capital na manhã desta sexta-feira (22),.

Na última quinta-feira (22), Fávaro participou de uma reunião com o grupo de esquerda e confirmou ter recebido o “convite oficial” para liderar a disputa ao Governo.

“Fiquei muito honrado em receber o convite. Mas é uma decisão que precisa ser avaliada em várias instâncias. Tenho que falar com a minha família, viabilizar a questão financeira, falar com o grupo político e com o PSD. Tudo isso é o que vai nortear a tomada de decisão”, disse.

Ainda nesta sexta-feira (22), o senador esteve em São Paulo com Aloizio Mercadante (coordenador do programa econômico da aliança Lula-Alckmin) e com o candidato a vice-presidente na chapa de esquerda, o ex-governador Geraldo Alckmin (PSB).

Na ocasião, Fávaro apresentou propostas do agronegócio para Mato Grosso e se prontificou a trabalhar pela construção de uma agenda com diversos encontros entre Alckmin e integrantes do setor no Estado. Apesar disso, ainda não há nenhuma confirmação de que o senador irá pleitear este ano.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS