REDES SOCIAIS

35°C

Fávaro não descarta e diz que se for “vontade de Deus”, disputa Governo

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O senador licenciado e presidente do PSD em Mato Grosso, Carlos Fávaro, declarou no início da tarde desta sexta-feira (15), que não descarta disputar o governo de Mato Grosso.

Segundo Fávaro, todo político que realmente está engajado em prestar serviços possui o desejo der ser governador, no entanto, ele acabou deixando essa definição nas “mãos de Deus”.

“Eu gostaria de forma particular e pessoal de continuar cumprindo o meu mandato como senador da República. Agora, não dá para negar o desafio de poder ser governador do estado de Mato Grosso. Todo político que se engaja e ama esse estado tem que ter esse desejo [de ser governador]. Se for da vontade de Deus e do tempo de Deus, eu posso ser candidato ao Governo de Mato Grosso”, disse ele.

Fávaro foi questionado se o “desejo de ser governador” estaria atrelado ao desejo dos novos aliados [Federação formada por PV, PT e PcdoB], porém, ela cita que esse não é o único fator.

“Não só dos novos, foi na construção com o presidente Lula, onde nós vamos trabalhar na coordernação de sua campanha aqui no estado de Mato Grosso […] E veio a conversa informal sobre uma candidatura ao governo, que não tem nada definido”, destacou ele sobre sua possível candidatura.

Ainda durante a conversa com Lula em Brasília, ficou definido que Neri seria o candidato do grupo ao senado no estado.

O senador ainda ponderou que a definição inicial para Neri ser candidatar à senatória sempre foi impulsionada pelo governador Mauro Mendes, mesmo não declarando se iria apoiá-lo. “Nós começamos a construir a candidatura do Neri Geller ao Senado Federal com a aquiescência e o apoio do governador Mauro Mendes, claro que em nenhum momento ele firmou o compromisso de que o Neri seria o candidato da sua chapa”, concluiu.

Agora, em lados opostos, Mendes poderá caminhar com Wellington Fagundes (PL), que pertence ao partido do presidente Jair Bolsonaro, opositor ferrenho da esquerda.

A fala foi realizada durante entrevista ao Jornal do Meio-Dia, TV Vila Real em Cuiabá.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS