REDES SOCIAIS

29°C

Força Nacional vai reforçar segurança externa da Penitenciária Federal de Mossoró

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O Ministério da Justiça autorizou o uso da Força Nacional para o reforço da segurança externa da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. A medida foi publicada na edição do Diário Oficial da União desta quarta-feira (21).

Na segunda-feira (19), o governo autorizou o envio de 100 homens e 20 viaturas para ajudar nas buscas por dois fugitivos da penitenciária de segurança máxima. O reforço foi uma solicitação do diretor-geral da Polícia Federal, Andrei Passos, e acordado com a governadora do RN, Fátima Bezerra.

Em uma portaria publicada nesta quarta-feira, o ministro Ricardo Lewandowski autorizou que os agentes façam o reforço da ala externa da penitenciária federal.

Além disso, a Força Nacional também atuará em treinamentos de segurança dentro da penitenciária. Segundo o Ministério da Justiça, o uso dos agentes será em “caráter episódico e planejado”.

Os treinamentos autorizados pelo Ministério da Justiça serão coordenados pela Secretaria Nacional de Políticas Penais.

Segundo a portaria, o emprego da Força Nacional para o reforço de segurança na região da Penitenciária Federal de Mossoró irá durar 60 dias, começando na sexta-feira (23).

A fuga

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

Rogério Mendonça e Deibson Nascimento fugiram da Penitenciária Federal de Mossoró no dia 14 de fevereiro, Quarta-Feira de Cinzas. Os dois presos, originalmente do Acre, estavam na penitenciária de Mossoró desde setembro de 2023.

Ligados ao Comando Vermelho, eles foram transferidos após se envolverem em uma rebelião no presídio Antônio Amaro, em Rio Branco, em julho do ano passado. A rebelião deixou cinco mortos.

Esta foi a primeira fuga registrada na história do sistema penitenciário federal, que inclui ainda penitenciárias em Brasília (DF), Catanduvas (PR), Campo Grande (MS) e Porto Velho (RO).

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS