REDES SOCIAIS

22°C

Galvan diz que Wellington apoia Bolsonaro por ?dificuldade em se eleger?

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

Apesar do senador Wellington Fagundes (PL) ter sido sacramentado como o candidato do presidente da República, Jair Bolsonaro (PL), o presidente da Associação dos Produtores de Soja (Aprosoja Brasil) e pré-candidato ao Senado, Antônio Galvan (PTB), acredita que o eleitor não irá “votar” na reeleição de Wellington. Segundo Galvan, em live ao na tarde desta quinta-feira (05), o apoio do senador ao chefe de Estado só ocorre devido a uma “dificuldade em se eleger”.

O pré-candidato pelo PTB citou parte do histórico de Wellington, que já esteve no mesmo palanque dos ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Dilma Rousseff (PT) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – este último, principal adversário e antagonista de Bolsonaro.

“Mas você acredita que o bolsonarista vai acreditar que ele [Wellington] é Bolsonaro? Eu tenho certeza que não. Quando eleito deputado federal, apoio Fernando Henrique Cardoso, quando eleito deputado federal de novo apoio Lula, apoiou Dilma, apoiou Temer. Agora, de um tempinho para cá vem costurando, apoiando, trabalhando porque viu uma dificuldade de se eleger, querer ser bolsonarista”, afirmou, ao .

Galvan afirmou ainda que o eleitor segue resistente à reeleição de Wellington e que existe um discernimento entre quem vota no presidente, mas não apoia o senador.

“Ele vai querer essa oportunidade do presidente estar junto. Agora, a população vai aceitar? Pelo que eu estou vendo na rua, a turma continua falando ‘voto no presidente, mas nesse candidato do presidente eu não vou’ (…) 90%, tem [discernimento entre Wellington e Bolsonaro], o que mais a gente ouve é isso”, enfatizou.

“Ele conseguiu naquela eleição, e nessa agora? Será que vai conseguir? São situações e situações colocadas”, finalizou.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS