REDES SOCIAIS

28°C

Governo determina que embaixador suspenda férias e ‘volte imediatamente ao posto’, dizem fontes do Itamaraty

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Diante da crise de segurança no Equador, o governo determinou, nesta quinta-feira (11), que o embaixador do Brasil no Equador, Pompeu Andreucci, suspenda as férias e “volte imediatamente ao posto”. A informação é de fontes do Itamaraty.

Ainda segundo fontes, Andreucci está em viagem de férias, mas, a pedido do chanceler Mauro Vieira, deverá voltar nesta sexta-feira (12) ao Equador.

A onda de violência que assusta o Equador entrou no quarto dia nesta quita-feira e já deixou 16 mortos. Na terça-feira (9), depois de uma invasão de criminosos armados a um estúdio de TV, o presidente do Equador, Daniel Noboa, decretou “conflito armado interno” no país, em uma tentativa de controlar a situação.

A crise começou com motins em prisões. Houve fuga de criminosos, ataques a delegacias e sequestro de policiais.

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

Segundo um balanço divulgado nesta quinta-feira pelo governo, 39 funcionários de presídios foram sequestrados ao longo da quarta-feira (10). No total, 178 agentes estavam em poder dos bandidos até a tarde de quinta-feira, segundo o relatório.

De acordo com o órgão que administra os presídios, os bandidos impedem a entrada de forças especiais com intensos disparos e bombas.

– Esta reportagem está em atualização

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS