REDES SOCIAIS

19°C

Governo Lula é aconselhado a desistir de fazer qualquer interferência na Vale

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Depois da operação fracassada de colocar o ex-ministro Guido Mantega no comando da Vale, o governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está sendo aconselhado a não fazer qualquer nova tentativa de interferência na mineradora.

Interlocutores do presidente Lula comentavam nos bastidores que o governo não havia desistido totalmente de influenciar nas articulações para definir um novo CEO da empresa.

O Conselho de Administração da Vale vai se reunir nesta semana, quando será debatido o futuro do atual CEO, Eduardo Bartolomeo. Após a operação malsucedida de indicar Mantega para o cargo, conselheiros da mineradora avaliam que Bartolomeo vai ser mantido no posto.

Um interlocutor do presidente Lula disse ao blog que não há mais clima para uma interferência na empresa. A reação negativa entre investidores nacionais e estrangeiros levou o governo a recuar de Mantega e colocou em risco novos investimentos no país, na empresa e no setor de mineração.

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

Na semana passada, o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, deu uma entrevista dizendo que o presidente Lula em nenhum momento quis interferir na Vale e que a empresa, por ser privada, tem toda liberdade para definir seu futuro.

Depois das declarações de Alexandre Silveira, interlocutores do presidente avaliam que foi passada a mensagem de que o melhor caminho é não fazer nenhum novo movimento para indicar alguém do governo para a direção da mineradora.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS