REDES SOCIAIS

35°C

Governo vê ?crise fabricada? em altas seguidas do dólar: ?Não é guerra, é lucro?, diz aliado de Lula

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O Palácio do Planalto avalia as seguidas altas do dólar como “uma crise fabricada” pelo mercado contra o governo. Numa fala ainda mais explícita, em uma rádio da Bahia, o presidente Lula falou abertamente em “ataque especulativo ao real”.

“É uma guerra aberta”, diz um auxiliar do ministro da Fazenda, Fernando Haddad, que tem atuado para baixar a temperatura. O ambiente de embate ampliou o recolhimento do ministro da Fazenda, que tenta evitar novos ruídos que alimentem o ambiente de especulação.

Para um aliado de Lula, não se trata “de guerra, mas de lucro”: ou seja, o Planalto vê um movimento deliberado para alimentar especuladores.

A ideia da Fazenda é ampliar os sinais de ajuste nos gastos para mitigar eventuais especulações sobre descontrole fiscal, além de ampliar a divulgação de dados positivos da economia, como alta na arrecadação e queda do desemprego.

O embate entre Lula e o mercado tem potencial para arranhar os resultados na economia real, na avaliação da Fazenda. O desafio de Haddad é convencer o Planalto e o PT de que esse risco não vale a pena.

LEIA TAMBÉM:

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS