REDES SOCIAIS

21°C

Haddad diz que aprendeu com a história, e que se puder, vai isolar o Centrão: ‘é um grande mal para o país’

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O candidato do PT ao governo de São Paulo, Fernando Haddad, afirmou em entrevista ao g1 nesta terça-feira (23), que, se puder, vai isolar o Centrão.

Questionado por Alan Severiano sobre como vai lidar com os seis partidos que compõem sua base aliada, Haddad diz que prefere lidar com eles, do que com o Centrão.

“Eu acho que esses partidos que compõem a base, são seis partidos, eles estão no mesmo campo, campo do centro, centro-esquerda. Tem perspectivas aparentadas, embora não sejam as mesmas. Eu prefiro isso do que ter o Centrão na minha base. O Centrão é um grande mal para o país”.

“Está fazendo mal em Brasília, em São Paulo. Talvez seja tentador ter o Centrão, porque adere qualquer governo. Eu prefiro gastar mais tempo e fazer uma base aliada sem Centrão. Se eu puder isolar o Centrão, eu vou isolar. Porque eu não suporto mais o Centrão. O Centrão está destruindo esse país. Prejudicou o governo Fernando Henrique, prejudicou o governo Lula o quanto pode, e hoje ele é o governo Bolsonaro. É o momento de se livrar dessa turma. Deixa eles na oposição”, completou.

Ciente de que os partidos do Centão participaram do governo federal do PT, Haddad falou: e nós não vamos aprender com a história?

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS