REDES SOCIAIS

22°C

Ipec: 40% dos moradores do Sudeste dizem não se lembrar das manifestações de junho de 2013

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Pesquisa Ipec divulgada nesta segunda-feira (12) pelo jornal o Globo aponta que 40% dos moradores do Sudeste dizem não se lembrar das manifestações de junho de 2013. O indicador é o mais alto entre todas as regiões do país, apontam os dados.

No Nordeste, por exemplo, apenas 23% afirmam que não se lembram do movimento ou não responderam — índice mais baixo do país. Por outro lado, 57% dos nordestinos afirmam que não apoiaram os protestos realizados há dez anos.

Já o Sul é a região com a maior proporção de pessoas que afirmam que apoiaram o movimento: 23%.

Veja os indicadores abaixo:

Segundo a pesquisa, os nordestinos são também os que avaliam as manifestações de junho da pior forma. Para 30%, as consequências do movimento foram “muito negativas”. Os indicadores são bem menores no Sudeste (18%) e no Sul (21%.

A pesquisa também traz a informação de que, passados dez anos, um terço das pessoas não soube dizer ou não quis dizer se os protestos foram positivos ou negativos para o país. Além disso, 18% não souberam dizer em quem votou nas últimas eleições, em 2022, no segundo turno.

Veja outros indicadores abaixo.

Avalia que junho de 2013 teve consequências “muito negativas”

  • Norte/Centro-Oeste: 25%
  • Nordeste: 30%
  • Sudeste: 18%
  • Sul: 21%

Avalia que junho de 2013 mudou sua forma de escolher candidatos nas eleições

  • Norte/Centro-Oeste: 23%
  • Nordeste: 24%
  • Sudeste: 19%
  • Sul: 21%

A pesquisa foi feita com 2 mil pessoas em 127 municípios, entre 1º e 5 de junho. A margem de erro máxima estimada é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS