REDES SOCIAIS

29°C

Ivo Vieira exalta nível do Mato-grossense e a conquista invicta do Cuiabá: ?Valoriza por cima?

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Os números do Cuiabá não deixam dúvidas sobre o merecimento de mais um título estadual. Conquista invicta, melhor aproveitamento da história, ataque mais eficiente e defesa menos vazada do Mato-grossense 2023. Líder da equipe, o técnico Ivo Vieira elogiou a campanha e as atuações, com destaque para o nível técnico de alguns adversários.

Para o treinador português, os desafios superados pelo time ao longo da competição engrandecem ainda mais o feito.

– Encontramos teoricamente adversários que poderíamos ser superiores em teoria, mas na prática não aconteceu muitas vezes, tivemos que trabalhar muito. O União foi um exemplo disso hoje, é uma equipe muito bem orientada. Equipes como Luverdense, União e Operário. Este campeonato está valorizado por cima, porque existem muitos jovens com capacidade de jogar a Série A. Algumas equipes com jogadores jovens, que ainda não estão prontos, mas que têm um potencial enorme. Isso valoriza muito o Campeonato Mato-grossense, aquilo que é Mato Grosso e a nossa conquista da competição.

Apesar do contentamento pelo título, Ivo Vieira fez questão de afirmar que o time precisa de melhorias para iniciar a briga na Série A do Campeonato Brasileiro: ?uma Série A muito mais competitiva?, avaliou.

– Vamos ter que ser diferentes do que fomos no Mato-grossense, não em termos de identidade, mas sim de intensidade e tomadas de decisão, porque a Série A é o melhor futebol do Brasil, é onde se encontra jogadores com grande poder técnico. Temos que nos preparar da melhor forma para o início desta competição.

O comandante auriverde destacou ainda o empenho do elenco. Assim como afirmou em outras ocasiões, Ivo trabalhou com um grupo reduzido, tendo reforços que sequer puderam jogar o Estadual, pois chegaram depois do limite de inscrições.

– Não tem a ver com o número de jogos, tem a ver com algumas condicionantes que tivemos. Neste momento temos cinco ou seis atletas que poderiam acrescentar algo, mas não puderam jogar. E essa gestão foi feita quase sempre com os mesmos atletas. Temos que valorizar o trabalho deles, o trabalho de estrutura, o apoio que tivemos aqui e o mérito da conquista deste objetivo. Um título de forma invicta, em que os jogadores trabalharam muito para isso acontecer.

O foco agora é exclusivo no Brasileirão. O Cuiabá estreia no próximo dia 15, contra o Palmeiras, às 15h (de MT), fora de casa.

– É óbvio que vamos agora preparar essa semana e fazer alguma gestão para perceber como estamos e como podemos enfrentar o grande desafio que é a Série A.

Fonte GE Esportes

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS