REDES SOCIAIS

34°C

Janaina lamenta morte de Romoaldo, a quem tinha como “tio”; ?Um escudo, ombro amigo e refúgio?

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Fred Moraes

Única News

@media only screen and (max-width: 767px) {
.img-wrapper {
margin-bottom: 5px;
}

.content-title {
margin-bottom: 10px;
}
}

A vice-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputada estadual Janaina Riva (MDB), também utilizou suas redes sociais para lamentar a partida do ex-deputado estadual, colega de partido e amigo pessoal, Romoaldo Junior (MDB), vítima de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), nesse domingo (17).

Em texto publicado pela parlamentar no Instagram, com uma foto em que aparece abraçada a Romoaldo durante uma sessão ordinária em 2019, a emedebista afirma que ele “era seu escudo, proteção e ombro amigo” e que apesar da partida precoce, viverá eternamente na política estadual.

Romoaldo e Janaina possuíam um forte vínculo em razão de o ex-deputado ser amigo do pai da parlamentar, o ex-governador José Riva, e com isso participava ativamente do dia-a-dia da família. A deputada chamava o colega de parlamento de “Tio Mumu”.

“Essa foto diz muito sobre nós. Sobrinha e “tio”, num dia de votação durante a madrugada em 2019. Eu com sono, escorada em você enquanto algum discurso longo acontecia, assim era você pra mim! Um escudo, uma proteção, um ombro amigo, refúgio e tudo que transmitia segurança. Você foi grande, amou e foi amado, era humano e de coração que não cabia dentro desse peito. Tio Romoaldo, Gordo, mumu… vai com Deus! Você viverá para sempre em nossos corações e na história de Mato Grosso”, escreveu Janaina.

Romoaldo morreu no final da manhã do domingo, aos 63 anos. Ele estava internado desde a última quinta-feira (14), no Hospital Amecor, em Cuiabá, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Com 32 anos na vida pública, Romoaldo Junior foi eleito deputado estadual pela primeira vez em 1990, sendo reeleito em 1994 e 1998. Em 2000, foi eleito prefeito da cidade Alta Floresta. Já em 2010, foi eleito deputado estadual pela quarta vez e, em 2014, se elegeu deputado pela quinta vez, com uma votação expressiva de 41.674 votos, espalhados em quase todos os municípios de Mato Grosso.  

No dia 6 de fevereiro de 2019, o deputado assumiu o sexto mandato e se tornou o parlamentar com mais tempo no Parlamento mato-grossense. Sua vasta experiência também contribuiu para que o governador Mauro Mendes o convidasse para ser vice-líder do governo na Assembleia Legislativa.

Em 2022, anunciou a aposentadoria da vida política, passando a se dedicar a projetos pessoais desde então.  

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS