REDES SOCIAIS

20°C

Janaina nega filiação de vereadores aliados com Emanuel: ?Eles não têm compromissos partidários?

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

@media only screen and (max-width: 767px) {
.img-wrapper {
margin-bottom: 5px;
}

.content-title {
margin-bottom: 10px;
}
}

A vice-presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputada estadual Janaina Riva (MDB), ainda comentando sobre a ingerência do Clã Pinheiro – Emanuel Pinheiro e Emanuelzinho – dentro do diretório municipal do partido, afirmou que não irá aceitar nenhum dos dois vereadores que compõem a base de apoio do prefeito, que foram “expulsos” do Partido Progressista.

Riva afirmou ao Veja Bem MT que Emanuel tenta fazer do partido uma “barriga de aluguel”, já que ele e nem os vereadores possuem compromissos partidários. Além disso, garantiu que ninguém do partido tem interesse em receber vereadores com mandato.

“Quer fazer do partido uma barriga de aluguel, como ele sempre fez. O Bezerra deu uma declaração dizendo que arrepende de bancar a eleição de 2016. É exatamente essa decepção que a sociedade tem com esses vereadores que não tem portas abertas e ele tenta colocar como consolo dentro do MDB. Mas, nós não temos interesse em colocar pessoas sem compromissos no partido”, disse Janaina.

A deputada ainda continuou as críticas dizendo que o “Clã Pinheiro está perdido” e sem nenhuma perspectiva para 2024, sem definir candidato que os represente para a Prefeitura, enquanto o MDB decidiu apoiar o deputado estadual Eduardo Botelho e já conjuntura a montagem de chapa para eleição de vereadores.

“Eles não têm sequer um candidato que eles apoiem publicamente. O prefeito da Capital e o deputado federal não tem um nome para apoiar publicamente como prefeito da própria cidade. Enquanto isso, o MDB estadual está avançado e com conversas o presidente estadual Eduardo Botelho, que está em primeiro lugar nas pesquisas e já focado na construção da chapa de vereadores”, pontua a emedebista.

O impasse envolvendo o MDB Cuiabá ocorreu após sites de notícias veicularem a confirmação de que a presidência da agremiação municipal iria para o deputado federal Emanuelzinho, após uma articulação direta com Baleia Rossi, presidente nacional do partido. Porém, a informação foi desmentida pelo mandatário do MDB em Mato Grosso, Carlos Bezerra, que garantiu jamais entregar o comando do partido para Emanuel e que isso sequer foi cogitado.

“Não tem intervenção nacional, não existe isso. Quem nomeia as direções provisórias são a direção estadual. E isso está sendo resolvido nesta semana ainda”, explicou.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS