REDES SOCIAIS

33°C

Lula interrompe vaias a prefeito e pede respeito durante entrega de obras em Campinas: ‘Não é correto’

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email
window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pediu respeito ao prefeito de Campinas Dário Saadi (Republicanos), vaiado durante a entrega das obras do BRT na metrópole no final da tarde desta quinta-feira (4).

Antes que o prefeito conseguisse falar, Lula interviu. “O prefeito é um convidado do governo federal para vir nesse negócio. Então, não é correto a gente convidar pessoas, a pessoa vir aqui e ser recebido dessa forma”,

“Porque, veja, se isso, se a moda pega, eu não posso ir em nenhuma cidade que um governador que não é do meu partido me convidar. Então, é preciso respeitar as palavras do prefeito”, afirmou o presidente.

Dário Saadi é do Republicanos, mesmo partido do governador de São Paulo Tarcísio de Freitas e do ministro e Portos e Aeroportos Silvio Costa Filho.

O incidente aconteceu durante a inauguração de uma etapa das obras do BRT Campinas, incluindo um viaduto sobre a Rodovia dos Bandeirantes (SP-348). No mesmo evento, Lula deve formalizar a liberação de recursos federais para obras antienchente e compra de ônibus elétricos na metrópole.

O projeto de macrodrenagem da metrópole saiu do papel nesta semana, com o início das obras de um piscinão e de galerias subterrâneas no Jardim Proença, região com problema crônico de alagamentos. As obras serão financiadas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Superlaboratório

Foi a segunda agenda do presidente Lula em Campinas. No meio da tarde, ele lançou a pedra fundamental do complexo laboratorial Orion, estrutura científica de biossegurança máxima que vai funcionar dentro do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM).

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

A união dos dois laboratórios, inédita no mundo, vai permitir que pesquisadores brasileiros estudem patógenos de forma segura e avançada. Com isso, será possível desenvolver, dentro de território brasileiro e sem dependência de estruturas científicas estrangeiras, vacinas e medicamentos para novas doenças.

“E é isso que me faz ficar orgulhoso de vir aqui participar de um lançamento de pedra fundamental de um centro de pesquisa extraordinário como esse. De um laboratório em que não tem similar no mundo. Eu tenho orgulho de falar, somente o Brasil tem”, disse Lula, em discurso.

Lula conheceu a estrutura do projeto Sirius, que também vai receber recursos do novo PAC para expansão, e foi presenteado pelo diretor-geral do CNPEM, Antônio José Roque, com uma maquete do complexo laboratorial.

“Eu vou andar com essa maquete dizendo, vocês conhecem isso aqui? Vocês conhecem isso aqui? Vocês conhecem o que que eu vou fazer? Vocês conhecem? Aqui, olha. É uma coisa extraordinária que coloca o Brasil na vanguarda”, afirmou o presidente.

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

LEIA TAMBÉM:

VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS