REDES SOCIAIS

33°C

Marllon brinca sobre “jejum” pelo Cuiabá e projeta duelo com o Fortaleza: “Decisão”

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O confronto contra o Fortaleza tem tons de decisão para o Cuiabá. É isso que pensa o zagueiro Marllon sobre a partida deste domingo, na Arena Pantanal, às 17h (de MT), pela 20ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em entrevista coletiva concedida na tarde desta sexta-feira, o defensor afirmou que os confrontos diretos na luta contra o rebaixamento são tratados como “finais” pelo elenco auriverde.

– Um jogo muito difícil, a gente vem tratando os confrontos diretos como decisões, e contra o Fortaleza não será diferente. Estamos bastante concentrados para o jogo de domingo, vamos antecipar essa final, porque vai ser um jogo de seis pontos. Para nós, será mais uma decisão.

Caracterizado por marcar gols importantes, Marllon ainda não balançou as redes neste Brasileirão. Questionado sobre o “jejum”, o zagueiro brincou e disse que espera encerrá-lo no fim de semana.

– Depois dessa pressão vou até treinar mais [risos]. Óbvio que penso em fazer gols, ajudar a equipe, mas primeiramente a gente pensa em se defender e não tomar gols. Venho treinando bastante para, quando surgir a oportunidade, que chegue na frente e faça. Vamos continuar trabalhando para que possa vir o gol, como fiz ano passado, e que comece no domingo agora.

Um bom presságio para o Cuiabá é que o time está invicto na Arena Pantanal sob comando de António Oliveira – são duas vitórias e três empates. Marllon ressaltou a importância do torcedor auriverde, que tem comparecido em bom número nos jogos em casa.

– Que permaneça assim, a torcida comparecendo, o António Oliveira invicto em casa. Tem sido bastante gratificante, no aquecimento o estádio está um pouco vazio, mas quando vai começar jogo, já está mais cheio. Então é muito legal ver a torcida cuiabana incentivando a gente, e esperamos que continue assim ate o fim do campeonato.

Quando entrar em campo no domingo, Marllon completará 70 jogos pelo Cuiabá, ampliando a marca de clube mais defendido da carreira. A vitória pode render a fuga da zona de rebaixamento – o Dourado é o 17º colocado, com 20 pontos, a um de América-MG e Avaí, fora do Z-4. O Fortaleza é o lanterna, com 15 pontos.

Fonte GE Esportes

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS