REDES SOCIAIS

24°C

Mauro pode gastar até R$ 7 mi em campanha para o Governo

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

A Justiça Eleitoral divulgou nesta terça-feira (19) os limites de gastos para as campanhas eleitorais de 2022 e para Mato Grosso, o maior valor autorizado é para o cargo de governador, quando a campanha pode ter um gasto total de R$ 7,115 milhões, com um adicional de R$ 3,557 milhões em caso de segundo turno.

Até o momento, o único nome confirmado na disputa pelo Palácio Paiaguás é do atual governador Mauro Mendes (União), que irá disputar sua reeleição, conforme anunciou na noite desta segunda-feira (18).

Na oposição, se articula junto à Federação Brasil da Esperança, nomes como o da ex-reitora Maria Lúcia, do ex-prefeito de Rondonópolis Percival Muniz e, mais recentemente, do senador Carlos Fávaro (PSD). Caso outros nomes sejam confirmados na disputa ao comando do Executivo estadual, terão o mesmo valor como teto para gastos de campanha..

Os valores foram autorizados por meio da Portaria nº 647/2022 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Eles representam os mesmos valores das Eleições 2018, atualizados pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), aferido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A atualização do IPCA teve como termo inicial o mês de outubro de 2018 e como termo final o mês de junho de 2022 e foi calculada pela Secretaria de Modernização, Gestão Estratégica e Socioambiental (SMG) do TSE.

a tabela com as quantias referentes aos cargos de governador, senador, deputado federal, e deputado estadual de todos os Estados.

(Com informações do Tribunal Regional Eleitoral – TRE)

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS