REDES SOCIAIS

21°C

Mendes confirma disputa à reeleição, mas perde aliados

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Como era esperado, o governador Mauro Mendes (União Brasil) confirmou que disputará à reeleição neste ano. A notícia foi dada em uma coletiva à imprensa, realizada na noite de segunda-feira (18).

Aqueles que estiveram no evento notaram a ausência de siglas que faziam parte do arco político de Mendes, mas que decidiram desembarcar do governo. É o caso, por exemplo, do PP que tem como principal objetivo em outubro deste ano, a eleição do deputado federal Neri Geller ao Senado.

O PSD, comandado no Estado pelo senador Carlos Fávaro, também não participou do ato.

O PSB, sob a presidência do deputado Max Russi, também deve ser considerada uma baixa, mesmo Mendes tendo “oferecido” palanque a médica Natasha Slhessarenko, que concorrerá ao Senado. O PSDB, o PDT e o Cidadania também não estavam no ato.

Quanto ao MDB, mesmo tendo alguns nomes da sigla no evento, ainda não se sabe qual será o posicionamento do partido, uma vez que uma ala defende a candidatura do ex-prefeito de Rondonópolis, Percival Muniz ao Palácio Paiaguás em oposição à atual gestão.

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS