REDES SOCIAIS

17°C

Ministro autoriza descongelar votos que podem deixar Juca sem vaga na AL

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

À esquerda, deputado estadual Delegado Claudinei (PL) e à direita, o vereador e Juca do Guaraná (MDB)

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Ricardo Lewandowski, votou nesta quinta-feira (24) pelo descongelamento de 7.260 votos recebidos pelo ex-prefeito de Chapada dos Guimarães, Gilberto Mello (PL), no pleito deste ano.

A medida favorece diretamente o deputado estadual Delegado Claudinei (PL) – que buscou sua reeleição e saiu derrotado devido ao coeficiente eleitoral – e coloca em risco a candidatura do atual vereador de Cuiabá e presidente da Câmara Municipal – que foi eleito deputado estadual – Juca do Guaraná (MDB).

O voto de Lewandowski foi apenas o primeiro, ainda faltam votar outros seis ministros, sendo eles: Cármen Lúcia, Raul Araújo, Benedito Gonçalves, Sérgio Silveira Banhos, Carlos Horbach e Alexandre de Moraes.

O ministro acatou o recurso para reverter a inelegibilidade de Gilberto Mello, que havia sido enquadrado na Lei da Ficha Limpa pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT). O ex-prefeito responde por Improbidade Administrativa.

Caso à Corte Eleitoral acate o pedido de Claudinei e os votos de Mello sejam descongelados, o PL [partido de Claudinei] poderá atingir 12.444 “votos de sobra”, contra 1.599 votos do MDB, fazendo com que Juca fique de fora do grupo de deputados estaduais eleitos neste ano.

Em nota encaminhada ao , Delegado Claudinei contesta resultado da eleição. veja na íntegra:

Fui eleito pelas urnas. O Partido Liberal (PL), ao qual faço parte, atingiu votação para eleger três deputados estaduais. Com uma votação expressiva de 21.317 votos fiquei em terceiro no partido.

Porém, o candidato do nosso partido Gilberto Mello concorreu sub judice, obteve 7.260 votos, que estão congelados enquanto o recurso não é apreciado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Se esses votos fossem contados, já teríamos sido declarados eleitos no dia 02 de outubro.

Meu intuito é respeitar a decisão das urnas e vou lutar em todas as instâncias para alcançar o desejo de 21.317 mato-grossenses, que me escolheram para ser o seu representante na Assembleia Legislativa.

Votos recebidos

Na eleição deste ano, Claudinei recebeu 21.317 votos e Juca 20.723.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS