REDES SOCIAIS

14°C

“Mudaram de lado porque Lula está próximo da vitória”, avalia Lúdio

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT), criticou a aproximação do deputado federal Neri Geller (PP) e do senador Carlos Fávaro (PSD) com o ex-presidente Lula (PT) e enfatizou que os políticos só firmaram apoio com a esquerda porque Lula está próximo de ganhar as eleições desse ano.

Além disso, o petista enfatizou que a “falta de espaço” para os parlamentares na base bolsonarista contribuiu para que o apoio fosse firmado. Segundo Lúdio, se eles não tivessem sido excluídos do grupo, estariam “quietinhos”.

“Esse apoio ao Lula é o resultado de duas situações: a primeira é que eles não conseguiram se acomodar lá do outro lado, na chapa do Mauro, se eles tivessem conseguido espaço, estariam quietinhos. A segunda é que o Lula está cada dia mais próximo de vencer as eleições”, disse Lúdio nesta segunda-feira (1), ao Podcast Tudo&Política.

Segundo o deputado, apesar disso, eles foram corajosos em contrariar a base bolsonarista de Mato Grosso.

“Eles foram corajosos ao contrariar o interesse da base social que eles representam, não é o Estado que é bolsonarista, é a base social deles que é bolsonarista e eles contrariaram isso ao manifestar apoio ao Lula”, declarou.

Neri e Fávaro sempre foram nomes alinhados ao presidente Jair Bolsonaro (PL) e em Mato Grosso, ao governador Mauro Mendes (União). No entanto, quando Geller viu seu projeto ao Senado ser colocado de lado pelo grupo bolsonarista em detrimento à candidatura do senador Wellington Fagundes (PL), decidiu se desvincular e buscar apoio da oposição.

O deputado federal foi a forma que o ex-presidente Lula encontrou de se aproximar do agro mato-grossense, já que Geller é um forte nome no setor.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS