REDES SOCIAIS

19°C

Nos pênaltis, 3B vence o Mixto-MT e conquista o acesso para Série A1 do Brasileiro Feminino

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O 3B da Amazônia está na Série A1 do Campeonato Brasileiro Feminino. Depois da partida contra o Mixto-MT, terminar empatado por 1 a 1 no tempo normal, na tarde deste domingo (07), na Arena da Amazônia. A vaga foi decidida nos pênaltis. O time amazonense venceu por 4 a 2 e conquistou o acesso inédito. Gabi Batista marcou para Feras e Rayla deixou tudo igual para o Alvinegro, nos 90 minutos.

Nas penalidades, a goleira Camila foi a heroína e defendeu as cobranças de Joycinha e Gaby. Gabi Batista, Moara, Rute e Katyelle converteram para o 3B. Com o resultado, as Feras estão classificadas para as semifinais da competição e aguardam o vencedor de Juventude e Fortaleza que decidem a vaga na segunda (08), às 19h (de Brasília), no Alfredo Jaconi, no Rio Grande do Sul.

O jogo

A partida começou com o 3B pressionando a equipe mato-grossense. Logo aos 02 minutos, Giselinha aproveitou uma bola sobrada e arriscou um chute de longe, defendido pela goleira Thaynara. Aos 7, Maria Vitória fez ótima jogada pelo lado esquerdo e achou Roque em profundidade. A atacante carregou a bola e bateu rasteiro, para mais uma defesa da goleira adversária.

Aos 10 minutos, foi a vez da Gabi Batista chutar de longe em um cobrança de falta. Aos 14, em jogada de escanteio, Monique conseguiu cabecear, mas a bola foi nas mãos da goleira. Com as linhas alta, o time amazonense continuou com o domínio do jogo, tirando qualquer ímpeto da equipe do Mixto-MT.

Aos 39, em jogada de bola parada, Gabi Batista cruzou na área, mas a zagueira do Misto-MT fez o corte. Na sequência, o árbitro apitou e sinalizou um toque de mão. Pênalti para o 3B. Artilheira da equipe na competição, Gabi Batista, bateu forte e converteu a cobrança. 1 a 0 para o 3B da Amazônia.

A equipe do Mixto-MT tentou respondeu aos 43, quando a atacante Bia arrancou pela direita, entrou na área e desequilibrada chutou para defesa tranquila de Camila. Foi o primeiro chute no gol da equipe adversária.

Aos 47, no segundo minuto dos acréscimo, em jogada de bola parada, Rayla aproveitou a desatenção da zaga das Feras e sem marcação nenhuma, cabeceou no gol e deixou tudo em igual. 1 a 1 para o Misto-MT.

Segundo tempo

Assim como no início do jogo, a segunda etapa começou com as Feras tomando as primeiras ações ofensiva. Logo aos 2 minutos, Maria Vitória achou Rafa entrando na área e deixou a atacante de frente para goleira, que conseguiu chegar a tempo e realizar a defesa.

Logo em seguida, a dupla voltou a trabalhar. Rafa escorou a bola para Maria Vitória, que arrancou e bateu forte para mais uma ótima defesa de Thaynara. O jogo começou a ficar parado devido aos números de faltas. O Mixto-MT começou a impor mais volume de jogo, diminuindo os espaços paras Feras.

O Alvinegro chegou com a Bia aos 26 minutos. A atacante arriscou o chute de longe, mas a bola passou por cima do gol. Depois da parada médica, a centroavante Roque disputou a bola e sofreu uma falta perigosa na meia lua da grande área. Na cobrança, Gabi Batista chutou em cima da barreira.

Com o placar empatado ao fim do tempo normal da partida, a decisão da vaga para elite do futebol feminino foi decidida nas penalidades. Gabi Batista, Moara, Rute e Katyelle converteram as cobranças para as Feras. Karen e Michele marcaram para o Mixto-MT. Joycinha e Camila pararam na goleira Camila. Por 4 a 2, o 3B conquistou o acesso para elite do futebol feminino em 2025.

Fonte GE Esportes

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS