REDES SOCIAIS

20°C

?O dinheiro que caiu do paletó é infinitamente menor do que R$1,2 bilhão de dívidas?, diz Maysa

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

@media only screen and (max-width: 767px) {
.img-wrapper {
margin-bottom: 5px;
}

.content-title {
margin-bottom: 10px;
}
}

 

MAYSA LEÃO

 

A vereadora Maysa Leão (Republicanos) também veio a público expressar indignação com o parecer de reprovação das contas da Prefeitura de Cuiabá, no exercício de 2022, julgada pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) na semana passada.

Ao utilizar a tribuna do Plenário da Câmara Municipal de Cuiabá, Maysa teceu críticas ao chefe do Executivo, e ainda disse que o “fundo do poço” envolvendo o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) é surpreendente.

“A gente chega em um momento onde o fundo do poço do Emanuel Pinheiro é surpreendente. Um fundo de poço sem fim. Ele consegue ir mais profundamente do que já era inaceitável”, disse a vereadora Maysa.

Para a vereadora, presenciar Cuiabá ter o primeiro prefeito com as suas contas reprovadas pelo TCE é um marco que não gostaria de ver. “Esse prefeito demonstra na cidade para quem quer ver uma cidade caótica, suja, abandonada e depredada”.

Maysa Leão, ainda relembrou o episódio do paletó, que segundo ela ficou no “chinelo”. “O dinheiro que caiu do paletó é infinitamente menor do que R$1,2 bilhão de dívidas acumuladas nos últimos anos”, pontuou Maysa.

Durante sua fala, Maysa Leão pediu aos seus pares que o parecer pela reprovação das contas pelo TCE seja respeitado, pois foi feito de forma técnica.

A vereadora ainda alertou os pares da Câmara que os olhos da sociedade estão voltados para a Casa, e que cada vereador irá arcar com o seu próprio crivo sobre quem defendeu Cuiabá e quem tapou os seus olhos.

“Eu estou tranquila em relação ao meu CPF, eu sei que lado estou, onde estiver Emanuel, estarei do lado oposto”, finalizou Maysa Leão.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS