REDES SOCIAIS

12°C

Partido Conservador do Reino Unido suspende deputado que viu pornografia dentro do Parlamento

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email


Neil Parish, um parlamentar do Reino Unido, foi suspenso do Partido Conservador, do qual ele faz parte, por ter sido flagrado vendo pornografia em seu smartphone dentro do Parlamento.

Ele é do Legislativo desde 2010. O próprio Neil Paris se apresentou à comissão do Parlamento para que a Casa tome uma decisão.

Até que o Parlamento tome uma decisão, Parish está suspenso do próprio partido.

Leia também

Ele disse que vai cooperar com as investigações, mas não quis dar informações sobre o caso.

?Claro que entendo a preocupação deles e só posso pedir desculpas pela situação?, afirmou ele.

O primeiro-ministro Boris Johson, um colega de partido de Parish, afirmou que assistir pornografia é inaceitável em qualquer ambiente de trabalho.

Johnson enfrenta uma crise por ter feito uma festa durante o auge da pandemia de Covid-19.

Relatos de machismo

Segundo os jornais britânicos, a acusação inicial surgiu durante uma reunião de parlamentares conservadores na noite de terça-feira (27), na qual legisladoras compartilharam relatos de machismo e assédio por seus colegas.

De acordo com uma reportagem do “Sunday Times”, 56 membros do Parlamento enfrentam acusações de má conduta sexual e foram denunciados a um órgão de fiscalização da Casa.

“Esse comportamento é longe de ser incomum. É a misoginia institucional”, afirmou a parlamentar Nadia Whittome, do Partido Trabalhista, em sua conta em uma rede social.

Veja os vídeos mais assistidos do g1

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS