REDES SOCIAIS

33°C

Pelo menos 16 pessoas morrem em ataque a escola de Gaza, dizem autoridades

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Pelo menos 16 pessoas foram mortas em um ataque israelense contra uma escola que abriga famílias palestinas desalojadas em Al-Nuseirat, na região central de Gaza, neste sábado, segundo o Ministério da Saúde e a agência de notícias oficial palestina.

O Exército israelense afirmou que está analisando o relato. O Ministério da Saúde disse que o ataque contra a escola matou pelo menos 16 pessoas e feriu mais de 50.

Mahmoud Basal, porta-voz do Serviço de Emergência Civil de Gaza, disse que a quantidade de mortos pode aumentar porque muitos dos feridos estão em condição crítica.

O ataque contra a escola significa que nenhum lugar no enclave é seguro para as famílias que deixaram suas casas em busca de abrigo, afirmou ele em um comunicado.

Al-Nuseirat, um dos oito históricos campos de refugiados da Faixa de Gaza, foi o local de um bombardeio intensificado de Israel neste sábado. Um ataque aéreo mais cedo contra uma casa no acampamento matou pelo menos 10 pessoas e feriu muitas outras, de acordo com os médicos.

Em sua atualização diária de pessoas mortas na guerra de quase nove meses, o Ministério da Saúde de Gaza afirmou que os ataques militares israelenses ao redor do enclave mataram pelo menos 29 palestinos nas últimas 24 horas e feriram outros 100.

Entre os mortos em ataques aéreos separados, estavam cinco jornalistas locais. A contagem de jornalistas mortos desde 7 de outubro subiu para 158, segundo o gabinete de imprensa do governo de Gaza, liderado pelo Hamas.

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS