REDES SOCIAIS

12°C

Pinheiro aponta baixa produção de profissionais do Sindimed; médica atendeu apenas 1 paciente no plantão

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

image

Um levantamento divulgado pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) na noite desta terça-feira (03), em live nas suas redes sociais, apontou uma baixa produtividade de médicos ligados ao Sindicato dos Médicos (Sindimed-MT). No dia 1º de abril, uma médica, que não teve a sua identidade divulgada, atendeu apenas um paciente durante o plantão de 12 horas, quando deveria ter atendido pelo menos 38 pessoas.

“UPA [Unidade de Pronto Atendimento] Norte. Uma médica no dia primeiro de abril tinha que atender 38 [pacientes], no plantão. No plantão são 12h, atendeu sabe quantos? Um. Não vou dizer o nome da médica, não vou expor ninguém. UPA Sul lá no Pascoal Ramos, no dia 02 de abril um médico tinha que atender 38 pacientes, atendeu seis. Coincidentemente, alguns desses médicos, são poucos, são ligados ao Sindicato, coincidentemente. Não são todos, estamos levantando ainda”, enfatizou.

Recentemente, o presidente do Sindicato, o médico Adeildo Lucena, classificou Emanuel como “rei do drible” ao denunciar suposta precariedade em unidades de saúde e irregularidades em contratações. Na última segunda-feira (02), Emanuel respondeu “à altura” e chamou Adeildo de “despreparado”.

Emanuel também teve acesso à produção do presidente do Sindimed, quando ele atuou na saúde pública do município. Contudo, o emedebista se limitou a classificar a atuação como “feia”, para não expor o profissional.

O prefeito enfatizou que está analisando os dados e pontuou que as irregularidades ocorrem em um pequeno grupo.

“Mas eu quero trazer isso a público porque eu estou mexendo no vespeiro, serviço público não é bico. Ainda mais o médico que tem muito vínculo, não tem tempo para atender todos, às vezes ele deixa a UPA, a policlínica para segundo plano. Vai atender o hospital particular, o hospital privado. Nós pagamos relativamente bem, a maioria esmagadora dos médicos trabalham, ralam. Nós não podemos deixar que um pequeno grupo macule toda uma profissão”, finalizou.

O salário dos médicos variam entre R$ 9 mil a R$ 13 mil. 

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS