REDES SOCIAIS

22°C

Planalto nega versão de Zelensky e diz que convidou o presidente ucraniano para posse de Lula

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O Palácio do Planalto negou nesta segunda-feira (11) que o presidente da Ucrânia, Volodymir Zelensky, não tenha sido convidado para a posse do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em janeiro.

O Planalto se manifestou após Zelensky ter dito, em entrevista no domingo (10), que não foi convidado para a posse de Lula.

Zelensky deu a declaração para o repórter do Fantástico Álvaro Pereira Júnior, que o questionou por que ele foi para posse do ultraliberal Javier Milei, na Argentina, mas não compareceu à de Lula.

“Não fui à posse de Lula porque não fui convidado. Aqui, Milei me ligou e convidou. Se me chamarem para ir ao Brasil, eu vou. Já convidei Lula para ir à Ucrânia”, respondeu o presidente da Ucrânia.

Questionado sobre essa versão, o Palácio do Planalto explicou que Zelensky foi convidado, mas alegou que não poderia vir ao Brasil, em razão da guerra contra a Rússia. A Ucrânia decidiu enviar a vice-primeira-ministra, Yulia Svrydenko.

“Houve convite para o presidente da Ucrânia vir a posse. A Ucrânia enviou a vice-primeira-ministra, Yulia Svyrydenko, que se reuniu com Lula no dia 31 de dezembro de 2022. Ela trouxe os cumprimentos de Zelensky e disse que ele não pôde vir devido à guerra com a Rússia. O encontro foi público”, escreveu o Planalto em nota.

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS