REDES SOCIAIS

33°C

Polícia Militar prende casal por homicídio e ocultação de cadáver

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email


Policiais militares do 15º Comando Regional prenderam em flagrante um homem de 21 anos e uma mulher de 18 anos pelo homicídio e ocultação de cadáver que vitimou Railson Conrado da Silva, de 24 anos, em Matupá. O crime e a prisão dos suspeitos foram registrados nesta quinta-feira (21.04).

Conforme o boletim de ocorrência, por volta de 06h a Agência Regional de Inteligência do 15º CR foi acionada para verificar a situação de desaparecimento de um morador da Gleba União. A equipe da PM de Matupá foi até o local indicado e iniciou os trabalhos de diligências.

No local, foi realizado o levantamento de novas informações, sendo posteriormente confirmado se tratar de um crime de homicídio com ocultação de cadáver com motivação a ser esclarecida.

Os policiais militares foram até a residência de um suspeito que, ao ser abordado, confessou a autoria do crime. No interior da residência foi encontrado uma espingarda Cal.38 com 09 munições intactas. Questionado sobre o crime, o suspeito afirmou desconhecer a localização do corpo da vítima.

Em seguida, um novo levantamento de informações foi realizado e, com ajuda de populares, a PM se deslocou até uma região de mata fechada, no quintal da residência dos suspeitos, onde o cadáver da vítima foi encontrado enterrado.

Diante dos fatos, o suspeito recebeu voz de prisão em flagrante. Em sua residência também foi identificada uma mulher, que informou ser esposa da vítima. A suspeita apresentou informações contraditórias em seu depoimento, sendo conduzida para prestar esclarecimentos.

Os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia da cidade, junto com o material apreendido, para registro da ocorrência e demais providências cabíveis. As equipes policiais seguem em diligências à procura de outros suspeitos que participaram do crime. 

Disque-denúncia

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

 

Fonte: PM Mato Grosso

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS