REDES SOCIAIS

28°C

Polícia Militar prende homem que matou idoso a pauladas em Cuiabá

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Policiais militares do Grupo de Apoio (GAP) do 9º Batalhão realizaram a prisão de um homem, de 43 anos, suspeito pelo homicídio que vitimou Mirton Rossani, de 63 anos, em Cuiabá. O suspeito foi localizado após a PM receber denúncia anônima sobre seu paradeiro, na noite desta segunda-feira (06.06).

O crime foi registrado na tarde da última sexta-feira (03.06), em uma propriedade rural, na comunidade de Santa Tereza, na Capital. Segundo testemunhas, o homicídio foi causado após um desentendimento suspeito e vítima, onde o criminoso teria desferido diversos golpes de pauladas na cabeça do idoso, que ocasionaram sua morte.

De posse da identidade e demais características do suspeito, imediatamente as equipes policiais iniciaram trabalho de diligências em busca do criminoso. Durante o fim de semana, as equipes da PM receberam denúncias de que o homem estaria escondido pela região do bairro Parque Cuiabá.

Na noite desta segunda-feira (06), os policiais militares do 9º Batalhão da PM receberam uma denúncia anônima de que o suspeito estaria no ponto final do Parque Cuiabá. Foi solicitado que a equipe do GAP prestasse apoio na verificação da situação. No local indicado, populares informaram aos policiais, que viram o homem adentrando um bar.

Os militares se deslocaram ao estabelecimento e encontraram o suspeito, que tentava se esconder atrás de um freezer. Em abordagem, nada de ilícito foi encontrado. 

Questionado sobre sua identidade, o homem se apresentou com um nome falso. Ao ser requisitado para mostrar seus documentos, o criminoso revelou que estava mentindo e, por fim, confessou a autoria do homicídio que vitimou Mirton Rossani, contando detalhes sobre a ação criminosa.

Diante da situação, os policiais militares deram voz de prisão ao suspeito, que foi encaminhado à Central de Flagrantes, para registro da ocorrência e sendo entregue, posteriormente, para a Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Judiciária Civil.

Disque-denúncia

A sociedade pode contribuir com as ações da Polícia Militar de qualquer cidade do Estado, sem precisar se identificar, por meio do 190, ou disque-denúncia 0800.065.3939.

 

Fonte: PM Mato Grosso

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS