REDES SOCIAIS

12°C

Praça de quase R$15 milhões na Chapada dos Guimarães gera grande polêmica na cidade

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

Continua gerando muita polêmica a obra da praça Dom Wunibaldo, em Chapada do Guimarães, que foi apresentada pelo governador Mauro Mendes. O valor da obra também assusta, R$ 14.504.338,48 milhões.

Moradores e internautas reclamam que o modelo ‘shopping’ irá tirar a arquitetura barroca da Igreja e ao entorno. “Esse cimentadão como ele fez na Orla do Porto ainda vai reduzir o verde, trazendo mais calor. Triste! Espero que a Prefeitura não autorize”, disse o leitor Mainardo Aragao.

“Como frequentador, empreendedor e produtor rural local no município.
Minha humildade opinião é que esse projeto vai descaracterizar toda a originalidade da praça central da Chapada que é um patrimônio histórico e cultural do nosso povo. Além de encher de concreto que irá deixar o local quente e sem sustentabilidade indo de contrário a imagem da cidade que é de ecoturismo.
Fora que modernidade não combina com a igreja barroca de mais de 150 anos que está nessa praça.
Espero que a Prefeitura e a Câmara de vereadores da cidade junto com o Ministério Público convoque audiência pública para debater esse projeto que no meu ponto de vista é ridículo e arrogante.
Quer destruir uma história para colocar uma marca de governo”, comentou Júlio Campos Neto.

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS