REDES SOCIAIS

28°C

Prates quer que Lula arbitre tiroteio por sua vaga e diz a aliados que blinda Petrobras

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, afirma a interlocutores, nos bastidores, que cabe ao presidente Lula (PT) arbitrar o tiroteio em torno de sua vaga dentro da estatal.

Segundo apurado pelo blog, Prates repete a aliados que não consegue parar sua agenda ? extensa, de compromissos envolvendo a estatal ? para responder a Alexandre Silveira, ministro de Minas e Energia, toda vez que o ministro insiste em atacá-lo publicamente ? o que tem se intensificado.

Para Prates, a guerra e ?invenção de crises? tem um único objetivo: derrubá-lo do comando da estatal.

Prates repete que sua missão é blindar a estatal de interesses políticos. Sua expectativa, segundo interlocutores, é de que o ?presidente decida o que fazer sobre a cobiça em torno de sua vaga.

Nos bastidores, o presidente da estatal tem reiterado que não há trégua em torno da disputa da vaga, mas entende que caberá ao governo a decisão final, por isso não debaterá outras críticas na mídia.

Prates combinou no fim do ano passado conversas esporádicas com o presidente Lula. Na mais recente, o tema acabou sendo dominado pela crise dos dividendos da Petrobras.

Prates ganhou uma sobrevida ? apoiado por Fernando Haddad. Já o ministro Alexandre Silveira conta com apoio de Rui Costa.

Uma nova conversa entre Lula e Prates pode ocorrer nos próximos dias.

LEIA TAMBÉM:

window.PLAYER_AB_ENV = “prod”

Fonte G1 Brasília

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS