REDES SOCIAIS

19°C

Prefeitura de Barão de Melgaço anuncia recesso de 50 dias e demissão de servidores

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp
Share on email

@media only screen and (max-width: 767px) {
.img-wrapper {
margin-bottom: 5px;
}

.content-title {
margin-bottom: 10px;
}
}

A prefeita de Barão de Melgaço, Margareth Gonçalves da Silva (PSDB), anunciou na última segunda-feira (27) que todo o administrativo municipal terá um recesso de 50 dias, contados a partir da data do anúncio, retomando os serviços apenas no dia 15 de janeiro de 2024. Conforme o decreto 92/2023, o município se encontra com dificuldades financeiras e a medida, que também prevê demissões, dará ‘folego’ aos cofres públicos.

Em entrevista a TV Vila Real, Margareth explicou que o município enfrenta uma diminuição de arrecadação proveniente da oscilação do FPM (Fundo de Participação dos Municípios), e redução do ICMS/cota parte municípios.

“Barão é o único município 100% dentro do Pantanal, dependemos de repasses, não temos receita, agro ou indústria. Representamos o bioma, temos uma extensão territorial muito grande. Tentaremos fazer reduções de gastos para honrar compromissos, preciso desse comprometimento para que servidores recebam em dia”, explica a prefeita.

A gestora ainda confirma que haverá demissões de alguns servidores que todo ano isso “é comum”.

“Infelizmente teremos, todo ano tem. Isso não é de agora, damos enxugada para dar uma organizada e dar suporte o ano inteiro. Estamos tentando diminuir o máximo, porque a cidade depende desses trabalhos”, finaliza.

O atendimento ao público está suspenso e conforme publicação os trabalhos administrativos internos serão realizados em caráter de ‘revezamento’.

O recesso não se aplica nas Secretarias que exijam plantão permanente (Secretaria de Saúde, incluindo todas as unidades de atendimento, Secretaria Municipal de Infraestrutura, Viação e Obras, Secretaria Municipal de Educação) e atividades essenciais como a Coleta de Lixo. Segundo censo do IBGE, o município possui 7.253 habitantes, com a 3ª pior renda per capita do Estado, com uma média de 12.777, a frente apenas das cidades de São José do Povo, Alto Araguaia e Pontal do Araguaia.

Fonte: Isso É Notícia

VÍDEOS EM DESTAQUE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS